O que é Microagulhamento?

O Microagulhamento da GiOlaser, através de um equipamento composto por agulhas chamado Roller, causa pequenas perfurações na pele, responsáveis pela indução de um processo capaz de estimular as células que produzem o colágeno. Além disso, o tratamento aumenta o metabolismo local e permite a penetração de ativos na pele que potencializam ainda mais o efeito dos cosméticos, tais como vitaminas ou medicação específica.

Indicações do Microagulhamento

É indicado para cuidar da pele de diferentes formas, desde o rejuvenescimento até o tratamento de cicatrizes, acne, rugas e linhas de expressão, além de funcionar também contra estrias. O Microagulhamento pode ser feito em qualquer lugar do corpo, como rosto, colo, pescoço, mãos, braços, seios, coxas, abdômen e, inclusive, couro cabeludo, para estimular a circulação sanguínea da região.

Resultados do Microagulhamento

De três a quatro dias após o Microagulhamento, a pele começa a descamar e, no sétimo dia, a textura e o viço melhoram. Depois de 20 dias, a pigmentação da pele também melhora e, a partir de 45 dias, nota-se a redução das rugas. Por até oito meses, ainda existe a produção de colágeno, mas o auge é em torno do terceiro mês.

Como o Microagulhamento é feito?

No Microagulhamento, diversas agulhas de aço cirúrgico ou titânio esterilizadas dispostas em um rolo são usadas para provocar pequenas punturas que estimulam a formação de colágeno e aumentam a vasodilatação e a absorção de alguns medicamentos direto na pele. Esses componentes são essenciais para a firmeza da pele e fazem com que toda a estrutura seja refeita, reorganizando, inclusive, as fibras internas e reduzindo rugas e cicatrizes de acne.

O comprimento das agulhas pode variar de 0,25 mm a até 3 mm, e o seu diâmetro, é de até 0,8 mm. Com movimentos de vai e vem com o aparelho, uma média de 10 a 15 passadas em toda área tratada são realizadas em um mesmo plano e pelo menos quatro cruzamentos na área de rolagem. O tipo de agulha e a pressão utilizada variam de acordo com o estado da pele a ser tratada.

Contraindicações do Microagulhamento

O Microagulhamento é contraindicado para pacientes com problemas de coagulação sanguínea, em uso de anticoagulantes, pessoas com diabetes não controlado ou câncer e com lesão ou doença de pele ativa na região que será tratada. O procedimento também não pode ser feito em pessoas que têm psoríase, acne ou com herpes ativa.

Você se interessou pelo Microagulhamento da GiOlaser? Aproveite para já agendar sua avaliação gratuita clicando aqui ao lado!

Dúvidas Frequentes

Grávidas estão liberadas para o tratamento?

O Microagulhamento associado à administração de medicamentos é contraindicado para gestantes. Se for apenas realizado o tratamento mecânico, não há contraindicação formal. Essa deve ser uma discussão conjunta entre o profissional e a paciente.

O Microagulhamento dói?

No caso de agulhas com comprimento de 0,2 mm a 0,3 mm, a dor é bem tolerável. Já para agulhas acima de 0,5 mm, pacientes relatam dor. Com a aplicação de pomada anestésica de alta potência ou anestesia local injetável, o Microagulhamento torna-se um procedimento muito tolerado, mesmo quando feito de forma mais intensa.

Quais os cuidados necessários com a pele antes do procedimento?

Os principais são: suspender pelo menos três dias antes da sessão o uso de qualquer tipo de ácido, para evitar possíveis quadros alérgicos, realizar uma boa limpeza de pele e, ainda, ingerir vitamina C, pois ela auxilia na produção de colágeno.