Sobre o tratamento

Há anos, homens e mulheres lutam para se livrar dos pelos indesejáveis espalhados pelo corpo. Métodos de depilação à cera dolorosos que encravam os pelos; lâminas que irritam a pele, engrossam os pelos e aceleram o seu crescimento; cremes de odor desagradável, pinças, linha, entre outros procedimentos, prometem a eliminação completa dos pelos, mas deixam a desejar. Basta! Acabe com esse sofrimento de uma vez com a depilação a laser.

O método é eficaz em acabar com os pelos indesejáveis pelo corpo inteiro. Mesmo os pelos mais grossos e rebeldes podem ser removidos em apenas algumas sessões. Assim, a depilação a laser reúne diferentes métodos, todos com o mesmo objetivo de eliminar o pelo desde a raiz para que ele não volte a crescer.

O procedimento consiste em remover pelos através da exposição a um feixe de luz de laser ou pulsada. O processo é recomendado por dermatologistas e se dá em fases. Logo nas primeiras sessões os pelos já se tornam mais claros e finos, e após algumas sessões de tratamento, desaparecem por completo.

Teste A depilação a laser pode ser feita em várias regiões do corpo, como por exemplo, axilas, pernas, virilha, zona íntima e barba. Além disso, o procedimento pode ser feito em qualquer tipo de pele: negras, brancas, morenas e até bronzeadas. São várias tecnologias empregadas, uma delas irá se adequar a você.

Descubra o tratamento ideal para você!

A GiOlaser está aqui para te ajudar a ficar ainda mais feliz consigo mesmo (a)

Faça o teste

Estrutura do pelo


Neste artigo vamos explicar tudo o que você deseja saber sobre a depilação a laser, para que você possa usufruir de todos os métodos disponíveis e acabar com os pelos indesejáveis de uma vez por todas! Confira:

Os seres humanos são cobertos por pelos em quase toda superfície do corpo, com exceções de algumas áreas específicas (palmas das mãos, plantas dos pés, mamilos, mucosas labiais e genitais). Eles são estruturas queratinizadas formadas na epiderme, filiformes e flexíveis, que variam de comprimento, espessura e cor, de acordo com a raça humana e as diferentes áreas do corpo em que crescem.

Os pelos se desenvolvem em diferentes áreas do corpo, onde recebem nomes especiais de acordo com a sua localização: cabelos, sobrancelhas, cílios, barba, pelos axilares e pelos púbicos, entre outros. A sua função é proteger contra o atrito, agentes externos e raios UV.

Basicamente, o pelo é formado por três partes: a cutícula (parte externa que protege os fios de agentes químicos), o córtex (protege as células responsáveis pelo peso dos pelos) e a medula (inexistente em pelos muito finos). Cada um possui uma parte externa visível que sai da epiderme chamada de talo ou haste, e uma interna ou “invisível” inserida na derme chamada de raiz.

A raiz do pelo fica dentro do folículo piloso, que possui a função de calçar o pelo e proteger a sua matriz germinativa localizada dentro do bulbo capilar, na base do folículo. É este o local responsável pelo crescimento do pelo, onde há uma série de vasos sanguíneos e terminações nervosas, responsáveis pela fisiologia do pelo.

A cor do pelo, por exemplo, é determinada pela melanina encontrada nessa porção do fio, sendo que a coloração é determinada por uma grande quantidade de fatores genéticos. Já o seu crescimento é determinado por fases: Anágena (crescimento), Catágena (intermediária) e Telógena (repouso), sendo que os pelos de uma mesma região sempre estão em fases de crescimento diversas.

No entanto, é na fase Anágena que os pelos se encontram mais próximos da parede do folículo piloso, com uma maior concentração de melanina. Por isso, essa é a fase ideal para a eliminação dos pelos.

1. A estrutura dos pelos

O procedimento consiste em eliminar o pelo através de um aparelho que emite um comprimento de onda de laser ou luz pulsada que atinge o local de crescimento do pelo, removendo-o pela raiz. A energia emitida em forma de luz é captada pela melanina, substância presente na haste do fio e responsável pela pigmentação da pele e dos pelos.

A energia térmica liberada em forma de calor é capaz de danificar a estrutura do fio dentro do bulbo capilar, o local de crescimento dos fios. O procedimento ,então, destrói ou retarda a capacidade do folículo capilar de produzir um novo fio, através de alterações de calor nas terminações nervosas ali presentes. Como a raiz se encontra dentro do folículo capilar, os pelos são removidos por inteiro.

Durante o processo, mesmo os pelos que não foram eliminados, passam a crescer mais lentamente, se tornam mais claros e mais finos. Quanto mais escuro for o pelo, melhor será o resultado da depilação a laser.

Os pelos na região em que o laser foi aplicado terão uma maior dificuldade em crescer novamente. No entanto, como o organismo é capaz de se regenerar, são realizadas mais de uma sessão para garantir que o bulbo capilar, centro de produção dos fios, não volte a crescer.

Além disso, como os pelos estão sempre em diversas fases de crescimento, as várias aplicações em intervalos distintos para cada região, garantem a sua eliminação parte a parte com resultados cada vez melhores nas sessões subsequentes.

2. Áreas que podem ser tratadas a laser

Praticamente todas as áreas do corpo podem ser tratadas com depilação a laser, com exceção do interior das orelhas, parte inferior das sobrancelhas e diretamente sobre os órgãos genitais. No mais, a depilação a laser pode ser aplicada para a remoção permanente de pelos com segurança em:

• Face Feminina;
• Buço;
• Orelhas;
• Nariz;
• Barba Masculina;
• Queixo/Mento;
• Nuca;
• Costas Inteiras;
• Meia-Costas;
• Axilas;
• Braços Inteiros;
• Antebraço;
• Mãos e Dedos;

• Peitoral Masculino;
• Peitoral Feminino;
• Costeletas;
• Abdômen;
• Linha Alba;
• Virilha;
• Região Perianal;
• Glúteos;
• Pernas Completas;
• Meia-Perna;
• Coxas;
• Pés e Dedos.

3. Qual o diferencial da depilação a laser na GiOlaser

Tecnologia de depilação a laser SHR (Método Giolaser)

tecnologia SHR (do inglês Super Hair Removal) utiliza aplicações de movimentos contínuos com uma ponteira de laser através de pulsos de baixa potência ajustados a uma alta frequência de disparos sobre a área em tratamento.

O método permite a aplicação em pessoas com pele escura (fototipos 4, 5 e 6) ou bronzeada sem risco de queimaduras. Além disso, equipamentos mais modernos utilizam ponteira de safira com exclusivo sistema de refrigeração que ao encostar na pele do cliente permite maior conforto e proteção ao cliente, garantindo uma maior proteção e conforto ao paciente. Isso faz com que o procedimento seja praticamente indolor, dispensando o uso de anestésico.

Aliado a isso, o método SHR de depilação a laser permite uma elevação gradual da temperatura do folículo piloso, diferentemente dos outros métodos que carbonizam o pelo provocando extremo desconforto no paciente. A tecnologia é recomendada para todos os tipos de pele.

Por esta razão, nós da GIOlaser priorizamos nossos tratamentos de depilação a laser neste método revolucionário, sempre visando o conforto e a segurança de nossos pacientes. Para melhores resultados, recomenda-se 5 a 10 sessões para o tratamento completo, porém em áreas hormonais e mais vascularizadas o programa de tratamento pode ser mais extenso.

4. Principais métodos de depilação a laser

Existem diversos métodos de depilação definitiva que se diferenciam pelo tipo de tecnologia empregada no procedimento. Entre eles podemos destacar o Laser de Diodo (Fiber/Galaxy 808), um dos mais utilizados no mundo e, por isso, escolhido também por nós, da GiOlaser.

No entanto, todas essas tecnologias, quando empregadas na remoção de pelos, realizam o processo conhecido por “epilação”, que consiste em eliminar toda a haste do pelo, desde sua raiz.

Tipos de tecnologia a laser:
• Laser de Diodo: a tecnologia usa um comprimento de onda do feixe de luz maior, ideal para pelos mais escuros e grandes áreas do corpo, podendo ser aplicada em vários tipos de pele.

Depilação a laser de Diodo
GiOlaser inovou no tratamento de depilação a laser ao oferecer o melhor aparelho da atualidade com preços acessíveis. Sendo o Laser de Diodo com ponteira de refrigeração simultânea, o padrão ouro para a depilação a laser, esta técnica avançada pode ser utilizada em todos os tipos de peles, desde as mais claras às peles bronzeadas e negras, com conforto e segurança.

É comprovadamente o mais eficiente do mercado, pois proporciona um tratamento mais rápido e bem menos dolorido.

O Laser de Diodo recebeu a aprovação da ANVISA, Agência Nacional de Vigilância Sanitária do Brasil; da FDA, órgão que regulamenta e autoriza o uso de equipamentos nos Estados Unidos; e pelo CE 0120, autoridade responsável pela liberação de certificados para equipamentos na Comunidade Europeia.

5. Efeitos da depilação a laser

Os efeitos como dor, duração do tratamento, quantidade de sessões e aparência após a aplicação vão depender do método escolhido.

Dores

A dor, por exemplo, durante o tratamento é normal. Quem está acostumado à depilação tradicional com cera quente, costuma aguentar bem. Tudo vai depender da sensibilidade da pessoa, a área que está sendo depilada, o nível de estresse e até o período do ciclo menstrual da mulher.

Em geral, a sensação é de ardência como picadinhas no local, dependendo da região em tratamento. Na verdade, quanto mais fina e sensível for a pele, maior é a sensação de desconforto. Independente do método escolhido é possível diminuir o desconforto com a aplicação de pomadas anestésicas antes do procedimento, principalmente em áreas mais sensíveis, como o buço, ou em sessões longas.

Normalmente, as áreas mais doloridas são as que possuem mais pelos, onde a pele é mais fina, e os pelos mais grossos. No entanto, essas áreas que apresentam os melhores resultados, necessitando de menos sessões.

A depilação a laser é indicada a todos os indivíduos saudáveis, sem doenças crônicas, maiores de 18 anos. Incluindo as pessoas de pele morena ou negra, desde que o equipamento seja o mais indicado ao seu tipo de pele.

Aparência

Logo após a primeira sessão, o local costuma ficar quente e vermelho por, pelo menos, duas a quatro horas. Posteriormente, algumas áreas podem escurecer um pouco e formar crostinhas, que costumam desaparecer em questão de dias. Depois de cada sessão, algumas clínicas aplicam um gel calmante na área tratada.

Quantidade de sessões

Segundo a Sociedade Brasileira de Laser, o tratamento costuma durar seis sessões, em média. No entanto, o número de sessões de depilação a laser vai depender da cor da pele e do pelo, da espessura do pelo e tamanho da área que será depilada.

Em geral, peles claras, pelos grossos e escuros necessitam de menos sessões comparados a peles morenas e pelos finos, por exemplo. As sessões devem ser realizadas uma vez a cada mês. Caso os pelos voltem a crescer, aconselha-se a remoção com lâmina, se não for possível esperar até o próximo dia de tratamento.

Isso porque, a cada aplicação, muitos dos folículos pilosos são destruídos, não produzindo mais pelos, enquanto outros são apenas danificados, permitindo que os fios voltem a nascer. À medida que as sessões vão sendo repetidas, esses pelos sobreviventes vão diminuindo e, após cerca de quatro a seis aplicações, restarão apenas alguns pelos.

Mesmo quem possui poucos pelos, não é capaz de eliminar apenas com uma sessão, pois o mesmo só é destruído durante a sua fase de crescimento. E os pelos, como já explicado anteriormente, estão sempre em diversas fases de crescimento, alguns crescendo, outros em repouso.

Por esta razão, as sessões são realizadas em média a cada 30 dias para poder atingir os pelos nas duas fases de crescimento.

Duração

Nenhum procedimento de depilação a laser é completamente definitivo, pois o nosso organismo possui grande poder de regeneração, e assim alguns pelos podem voltar a nascer após algum tempo.

No entanto, a velocidade de crescimento é bastante alterada, assim como a quantidade que volta a crescer. Mesmo assim, alguma manutenção é necessária, pois existem alguns folículos imaturos, que acabam se desenvolvendo mais no futuro. Normalmente, essa manutenção é anual, no caso de pelos mais teimosos. Porém, a escolha da técnica certa, um bom profissional e um aparelho qualificado como o Laser de Diodo da GiOlaser, podem oferecer resultados mais duradouros.

6. Cuidados pós tratamento

Para que todas essas tecnologias de depilação a laser tragam os melhores resultados, é necessário tomar alguns cuidados antes de iniciar cada procedimento, tais como:

  1. FPS a cada 3 horas;
  2. Evitar roupas que apertem área de tratamento;
  3. Banhos mornos;
  4. Hidratação sistêmica;
  5. Hidratação com D-Pantenol;
  6. Evitar atrito na área de tratamento;
  7. Usar sabonete bactericida;
  8. Não coçar área;
  9. Não tomar sol 15 dias após tratamento;
  10. Respeitar intervalo entre as sessões;
  11. Usar gilete descartável;
  12. Não esfregar com bucha de banho a área de tratamento;
  13. Evitar por 7 dias o uso de ácidos ou sabonetes químicos;
  14. Durante o tratamento depilar a área de tratamento somente lamina ou creme depilatório;

7. Contraindicações da depilação a laser

Apesar dos procedimentos avançados e tecnologias seguras, há algumas contraindicações da depilação a laser que devemos observar, são elas:

  • Gestantes
  • Exposição ao sol (15 dias);
  • Pessoas com imunossupressão;
  • Uso de anticoagulantes;
  • Fotossensibilidade
  • Pacientes com doenças de pele(feridas e dermatites)
  • Pacientes com epilepsia;
  • Pálpebra superior;
  • Uso de isotretinoína;
  • Pessoas com histórico de queloides;
  • Peelings recentes(7-21 dias);
  • Uso de peelings Home Care;
  • Uso de antibióticos;
  • Sobre queloides;
  • Sobre tatuagens;

Importante: A intensidade do aparelho quando não bem calculada, pode ocasionar queimaduras de segundo grau, formação de bolhas em alguns pontos ou, ainda, o escurecimento temporário da região afetada. Por esta razão, recomenda-se uma primeira sessão bem leve, numa baixa graduação do aparelho. Um bom profissional deve ser escolhido.

8. Custo benefício de depilação a laser

A depilação a laser sempre foi tachada como um tratamento caro em virtude do alto custo do aparelho, com valores de até R$ 600,00 por sessão. Isso fez com que muitas pessoas procurassem alternativas e tratamentos mais baratos, porém sempre com resultados inferiores ou indesejáveis.

Com o intuito de mudar essa concepção, a GiOlaser oferece um novo conceito em depilação a laser: uma tecnologia de ponta em Laser de Diodo, internacionalmente usado e aprovado, a preços muito mais acessíveis. Nosso objetivo é levar as melhores tecnologias a um número cada vez maior de pacientes satisfeitos.

Entre em contato conosco para saber mais sobre os nossos preços e pacotes!

Vídeos


Depilação à Laser

Depilação à Laser Masculino

Tipos de tratamento

Teste
Tratamentos Faciais

Indicados para prevenir ou combater consequências do envelhecimento cutâneo como, por exemplo, flacidez, rugas, linhas de expressão e mais...

Teste
Depilação a Laser

Acabe com os pelos indesejáveis pelo corpo inteiro. Mesmo os pelos mais grossos e rebeldes podem ser removidos em apenas algumas sessões.

Teste
Tratamentos Corporais

Não podemos nos esquecer de cuidar da nossa maior e mais importante ferramenta para cumprir as atividades do dia a dia: o nosso corpo.