8 mar 2019

Afinal, a massagem modeladora funciona? Descubra a verdade

2272      0

Em um contexto em que a preocupação com a imagem é cada vez maior, a massagem modeladora vem se popularizando e atraindo cada vez mais adeptos. Ela advém da técnica terapêutica milenar que envolve a massagem tradicionalmente conhecida, porém é uma vertente específica que trabalha os sistemas circulatório e linfático. O objetivo é, a partir da indução a respostas […]

Em um contexto em que a preocupação com a imagem é cada vez maior, a massagem modeladora vem se popularizando e atraindo cada vez mais adeptos. Ela advém da técnica terapêutica milenar que envolve a massagem tradicionalmente conhecida, porém é uma vertente específica que trabalha os sistemas circulatório e linfático.

O objetivo é, a partir da indução a respostas neuromusculares, acelerar o metabolismo local e melhorar a circulação sanguínea. A partir de movimentos firmes e rápidos, os músculos e órgãos do corpo recebem mais nutrientes e oxigênio.

No entanto, à medida que essa técnica vai se popularizando, algumas dúvidas podem surgir entre as pessoas interessadas. Muitas se questionam, por exemplo, se a massagem modeladora realmente funciona. Continue a leitura para saber a resposta!

Para que serve a massagem modeladora?

Como mencionado acima, a massagem modeladora, a partir de estímulos neuromusculares, tem como objetivo melhorar a distribuição de nutrientes e oxigênio pelo corpo. Ela, ainda, combate a retenção de líquidos e estimula a eliminação de toxinas.

Por esse motivo, essa técnica é bastante indicada para quem quer reduzir medidas. Afinal, o inchaço muitas vezes observado em regiões como o abdômen, os glúteos e as pernas é eliminado, dando uma aparência de maior rigidez aos músculos.

Além disso, exatamente por estimular a circulação sanguínea, a massagem modeladora, quando associada ao uso de produtos cosméticos, a uma alimentação balanceada e a exercícios físicos regulares, tem o poder de combater ou amenizar as celulites — isso porque elas são sinais de acúmulo de líquidos e de baixo retorno venoso, problemas que a técnica terapêutica visa a contornar.

A massagem modeladora é capaz de eliminar gordura?

Segundo alguns médicos e estudiosos, a massagem modeladora, por si só, não gera a eliminação de gordura, já que seria muito difícil promover a quebra de cadeias adiposas (células de gordura) apenas com a força das mãos. Assim, apenas uma lipoaspiração ou a prática de atividades físicas podem fazê-lo efetivamente.

Porém, não se desanime! Afinal, eles também afirmam que a técnica, quando associada a uma alimentação equilibrada e a uma vida fisicamente ativa, é capaz, sim, de reduzir tecidos que acumulam gordura.

Portanto, para obter o efeito desejado em relação à diminuição da gordura acumulada no corpo, lembre-se de que é fundamental associar as sessões de massagem com uma rotina saudável.

Como ela é feita?

Diferentemente da massagem comum, a técnica que visa a modelar o corpo exige mais pressão sobre a pele, para que os efeitos sejam satisfatórios. Dessa forma, aplicam-se manobras de amassamento, deslizamento, pinçamento e percussão de maneira ritmada.

Além disso, esses movimentos são feitos com mais firmeza, exatamente para estimular a circulação sanguínea e dar mais contorno e rigidez aos músculos. Geralmente, eles se concentram no abdômen, nos quadris, nas costas, nos glúteos, nas coxas e, às vezes, nos braços, que são as regiões em que a retenção de líquidos ocorre com mais frequência.

Por ser feita com um pouco mais de pressão, a massagem modeladora pode gerar algum desconforto. No entanto, essa sensação não pode se tornar dor, pois isso é um indicativo de que foi aplicada mais força sobre a pele do que o necessário.

Os movimentos também não podem gerar hematomas, que evidenciam a ruptura de vasos sanguíneos, ou manchas roxas, uma vez que essas indicam a falta de oxigenação.

É importante destacar também que apenas uma sessão, que geralmente tem duração de 30 a 40 minutos, pode não ser suficiente para se ter resultados expressivos. É necessário que haja certa regularidade entre as sessões, evitando que os líquidos do corpo voltem a se acumular.

Sendo assim, recomenda-se que a pessoa se submeta à técnica com a frequência de uma a duas vezes por semana. Ainda, o tratamento deve ser contínuo. Para os praticantes de exercícios físicos e indivíduos que mantenham uma alimentação equilibrada, essa quantidade pode ser reduzida para uma sessão a cada 15 ou 20 dias. Tudo vai depender do perfil biofísico e das indicações do profissional responsável.

Quem pode receber a massagem?

Como dito acima, a técnica que envolve a massagem modeladora tem como efeito o estímulo à circulação sanguínea. Em decorrência disso, a pressão arterial pode sofrer impacto e se elevar, o que pode ser perigoso para as pessoas com hipertensão arterial não controlada. Por esse motivo, elas devem evitar essa massagem.

Além disso, devido ao uso da pressão nos movimentos, indivíduos com lesões na pele, com fragilidade capilar, com osteoporose ou grávidas com menos de 3 meses de gestação não devem se submeter ao método.

Ou seja, ao decidir fazer a massagem modeladora, é fundamental passar por uma análise anterior, que envolva o conhecimento, pelo profissional responsável, do histórico médico básico da pessoa a ser atendida. Isso é uma maneira de evitar complicações que possam decorrer da aplicação da técnica em indivíduos que apresentem condições de saúde incompatíveis com ela.

Quem é o profissional que faz a massagem modeladora?

A massagem modeladora exige conhecimentos específicos sobre a dinâmica dos sistemas linfático e circulatório, os movimentos adequados, a força necessária e as regiões do corpo em que deve ser feita. Por esse motivo, é arriscado que ela seja realizada por pessoas sem capacitação para tal.

Nesse sentido, procure fazê-la apenas com um esteticista ou um fisioterapeuta dermato-funcional — eles, sim, são qualificados e terão aptidão para aplicar as técnicas sem provocar dores, lesões ou hematomas e, ainda, garantir bons resultados. Para garantir isso, procure clínicas renomadas e de alta credibilidade.

Como visto, atualmente, incentivo para que se mantenha uma boa imagem esteticamente falando é o que não falta. E a massagem modeladora é uma forte aliada, já que promete a redução de medidas a partir de estímulos que melhoram a circulação sanguínea, oxigenação e nutrição dos tecidos e órgãos. Quem é que não quer isso, não é mesmo?

No entanto, também foi possível observar que essa técnica, embora muito boa e eficaz, não faz milagre. Para otimizar seus resultados, é muito importante associá-la a uma rotina saudável, que inclua uma dieta equilibrada e exercícios físicos. Ainda, assim como em qualquer procedimento estético, é preciso estar atento ao profissional que vai realizá-lo e às contraindicações, para não ter surpresas desagradáveis.

Consideradas todas essas questões e atendidos os requisitos, a massagem modeladora consiste em uma excelente maneira de combater a retenção de líquidos e amenizar a tão temida celulite. Portanto, nessa caminhada rumo a um corpo modelado, ela é o atalho para chegar lá!

Ficou interessado e quer realizar o procedimento com profissionais capacitados e em uma clínica de confiança? Então entre em contato com a gente e saiba mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Agende sua avaliação