24 mar 2019

Comece a praticar! Conheça agora mesmo 8 vantagens da meditação

262      0

Com a correria do dia a dia, recorrer a algumas práticas que podem auxiliar na busca pelo relaxamento mental, corporal e espiritual, como a meditação pode ser reconfortante. Conheça alguns dos benefícios da técnica.

Embora atualmente seja bastante popular e cada vez mais praticada, a meditação não é uma novidade. Trata-se de uma prática antiga, um exercício espiritual em que a pessoa utiliza técnicas para se concentrar em um objeto, um pensamento ou uma atividade específica, buscando alcançar um estado de clareza. Outra maneira de meditar é a partir do estado de silêncio, esvaziando a mente.

Muita gente tem o costume de associar esse exercício tão somente ao alívio do estresse e da ansiedade. Porém a meditação é capaz de oferecer diversos outros benefícios cientificamente comprovados. Dentre eles estão a qualidade do sono, o impulso da produtividade, o autoconhecimento, entre outros.

Ficou interessado no assunto e quer saber mais a respeito? Então continue a leitura e conheça as 8 vantagens da meditação para a sua saúde!

1. Alívio do estresse e da ansiedade

Devido à correria de uma rotina atarefada é crescente o número de pessoas com quadros de estresse e ansiedade. Essa é uma das principais razões pelas quais a meditação é muito buscada, pois o ato de meditar promove o relaxamento do corpo e estimula o equilíbrio psicológico.

Meditar ajuda a melhorar a respiração, fazendo com que ela flua naturalmente e afete positivamente o funcionamento do cérebro, que recebe mais oxigenação. Em consequência, doenças como o estresse agudo e a ansiedade são combatidas com mais facilidade.

2. Melhora da qualidade do sono

Quando a mente está funcionando bem, sem ansiedade ou estresse, conseguimos controlar melhor as preocupações e organizar as ideias. Com isso, é mais fácil ter uma noite de sono de qualidade, já que, ao deitar a cabeça no travesseiro, é possível relaxar por completo e descansar mais.

Por esse motivo, a meditação é uma excelente atividade para quem busca dormir mais e melhor. A prática ajuda a manter a calma, além de ser uma boa influência quando o indivíduo precisa repor as energias, evitando que ele fique agitado quando precisa repousar.

3. Impulso da produtividade

A ansiedade e a correria para cumprir as tarefas diárias podem prejudicar o seu desempenho. Isso porque pensamentos aleatórios e acelerados atrapalham o foco e a concentração, interferindo no rendimento de um indivíduo em seu trabalho.

A meditação também ajuda a desacelerar os pensamentos. Assim, com uma mente tranquila e com a paciência aprimorada, a meditação fará com que o praticante consiga melhorar a sua produtividade, uma vez que cumprirá suas obrigações com calma e de forma mais organizada. 

4. Promoção do autoconhecimento

A meditação consiste em tirar um tempo para si mesmo. É nesse momento que a pessoa reservará alguns minutos do seu dia para se concentrar na própria respiração e nos pensamentos que fluem pela sua mente.

Sem dúvidas, o hábito de fazer isso frequentemente ajuda quem realiza esse exercício a se conhecer melhor, pois permite entender como o corpo e a mente funcionam e ajuda a identificar aquelas ideias que provocam sentimentos ruins. A partir de então, com um pouco de repetição, a pessoa conseguirá evitar essas ideias e até mesmo enfrentá-las melhor quando surgirem.

5. Prevenção contra o envelhecimento

Acredite, meditar pode ajudar a manter você mais jovem e prevenir o envelhecimento. Mas em que aspecto isso acontece? A ciência mostra que, com o passar do tempo, regiões do cérebro podem aumentar ou diminuir, dependendo dos estímulos que recebem.

Assim, aqueles locais responsáveis por alguns movimentos ou habilidades mentais acabam “envelhecendo” e, com isso, reduzindo o seu tamanho. É isso que acontece com o córtex cerebral, por exemplo, que, por não ser estimulado, vai diminuindo de tamanho e prejudicando a memória e o processo de criação de ideias.

A meditação ajuda a retardar processo de envelhecimento e redução de tamanho cerebral das partes inativas. Ao meditar estimulamos esse órgão do corpo, isso aumenta o desempenho de cada região que o compõe o cérebro. Ainda sim isso gera maior produção de massa cinzenta, que é uma característica de uma mente jovem e saudável.

6. Reforço da imunidade

Quando em estado de estresse, o cérebro libera cortisol e adrenalina, hormônios que, em excesso, prejudicam as defesas do organismo. O efeito da meditação é exatamente o oposto. Ao estimular a mente a se manter calma por meio do controle da respiração e dos pensamentos, a liberação dos hormônios prejudiciais é naturalmente reduzida.

Dessa forma, criamos uma barreira mais efetiva contra doenças e outras complicações que podem afetar a saúde. Isso significa que aquelas gripes, os resfriados, as infecções, que eram recorrentes, passarão a surgir com menor frequência. Com isso, proporcionando mais qualidade de vida ao praticante da meditação.

7. Manutenção do peso

Sabe aqueles hormônios citados acima, o cortisol e a adrenalina? Pois então, além de afetarem o sistema imunológico, eles têm relação com a gordura abdominal. Por esse motivo, embora a meditação não tenha relação direta com a queima calórica, como ocorre na caminhada ou na corrida. Este exercício relaxante e de concentração pode ser uma forte aliado na busca pela perda de medidas e manutenção do peso ideal.

Isso porque, como visto, a prática desse exercício ajuda a reduzir a liberação dos mencionados hormônios, facilitando a luta contra a balança. Assim, a sua saúde gastrointestinal também sai ganhando.

8. Estímulo a um coração saudável

O estresse provoca um aumento na pressão sanguínea do indivíduo. Em reação a isso, o coração precisa trabalhar com mais intensidade para conseguir aumentar o fluxo de sangue nas veias e artérias. Consequentemente, podem surgir doenças que afetam essa parte do corpo.

A meditação, ao promover o relaxamento, faz com que a pressão sanguínea seja reduzida. A consequência natural disso é o coração atuando dentro dos seus limites, evitando a sobrecarga e problemas graves, como o ataque cardíaco e o derrame cerebral.

Sendo assim, se você conhece essa prática, mas nunca tentou, considere adotar esse hábito. Se já faz esse exercício com frequência, continue! Afinal, depois de conhecer todas as vantagens da meditação para o corpo e a mente, você não vai querer mais viver sem esse exercício.

A prática é ainda mais válida para quem sofre com estresse ou ansiedade, tem noites de sono ruins, procrastina bastante, precisa melhorar a memória e evitar doenças. Soma-se a todos esses benefícios o fato de que não é necessário instrumento algum, e essa prática exige pouco tempo do seu dia. Portanto, não há desculpas para não meditar. Experimente e permita-se usufruir de tudo isso. O seu corpo e a sua mente merecem esse cuidado!

Você conhece alguma outra vantagem da meditação que não foi citada aqui? Então, compartilhe-a com a gente deixando o seu comentário abaixo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Agende sua avaliação