8 jul 2019

Como evitar estrias

135      0

Se você está preocupada em aprender como evitar estrias, convém saber que elas são cicatrizes que ocorrem na pele depois que ela se estendeu além de seu limite, fazendo com que certos rompimentos existam. Inicialmente, as estrias apresentam coloração avermelhada, indicando que acabaram de ser produzidas. Mais tarde, quando o processo de cicatrização tiver sido […]

Se você está preocupada em aprender como evitar estrias, convém saber que elas são cicatrizes que ocorrem na pele depois que ela se estendeu além de seu limite, fazendo com que certos rompimentos existam.

Inicialmente, as estrias apresentam coloração avermelhada, indicando que acabaram de ser produzidas. Mais tarde, quando o processo de cicatrização tiver sido concluído, elas se tornam esbranquiçadas.

Dependendo da gravidade das estrias, elas podem ter traços bastante perceptíveis e sua profundidade pode contribuir para que sejam facilmente visíveis a olho nu.

Embora não sejam consideradas um problema de saúde, representam um incômodo de natureza estética, à medida que ter uma pele com imperfeições pode afetar a autoestima do indivíduo.

A despeito do fato de haver vários tratamentos que podem ser aplicados para removê-las, é altamente recomendável procurar formas naturais de como evitar estrias.

Não obstante, o melhor remédio será sempre a prevenção e, conquanto existam alguns casos em que será mais difícil controlar sua aparição, ao aplicar as dicas que selecionamos para você neste artigo, será possível impedir, com uma boa margem de êxito, que essa condição irrompa em sua pele.

Boa leitura!

Por que aparecem estrias na pele?

Uma pele desidratada torna-se, consequentemente, menos elástica e mais propensa à ruptura de suas camadas médias e internas. As estrias aparecem quando as fibras de colágeno e elastina da pele se rompem, dando lugar a cicatrizes teciduais na forma de ramos perceptíveis à visão e ao tato.

O aparecimento de estrias também está associado a problemas hormonais ou ao uso prolongado de medicamentos, como corticosteroides. No entanto, uma das causas mais comuns consiste na mudança abrupta e descontrolada do peso corporal, o crescimento repentino, a gravidez e a perda ou aumento da musculatura.

Mantenha um peso adequado para evitar estrias

Uma vez que essa condição se manifesta, entre outras causas, devido ao aumento repentino de peso, uma das melhores formas de ter como evitar estrias é manter um controle adequado do seu peso.

Nesse sentido, ganhos superiores a doze quilos podem ocasionar o aparecimento dessas cicatrizes antiestéticas, fazendo com que a pele seja excessivamente esticada para poder cobrir integralmente o corpo.

Se, por alguma razão, for necessário aumentar o seu peso – como no caso de pessoas que praticam musculação ou artes marciais – aposte em um ganho moderado e distribuído ao longo dos meses. Assim, você dará à sua pele o tempo necessário para que ela se adapte às mudanças, tendo como evitar estrias mais facilmente.

Mantenha a sua pele devidamente hidratada

Ao lado de um controle de peso adequado, você deve dirigir os seus esforços em manter a hidratação da pele.

Quando ela se desidrata, fica mais propensa a perder agentes naturais – como o colágeno e a elastina – que são responsáveis por proporcionar flexibilidade e promover a regeneração, fatores essenciais para evitar estrias.

Beber de seis a oito copos de água por dia é o primeiro passo para manter uma pele saudável e livre de imperfeições. Para assegurar uma melhor hidratação, é necessário aplicar certos produtos que beneficiam diretamente a pele. Utilizar hidratantes com óleos essenciais é uma excelente maneira de evitar estrias naturalmente. Os cremes que contêm, em sua composição, colágeno, vitamina E ou óleo de rosa mosqueta são ideais para promover a regeneração celular e manter a pele livre de estrias.

As vitaminas

O consumo de vitaminas não ajuda, apenas, a manter a saúde dos órgãos internos, como também pode propiciar uma pele lisa e sem imperfeições. De fato, consumir regularmente vitaminas A, E, C, D e E gera muitos benefícios para o cuidado de sua pele.

Essas vitaminas podem ser encontradas em frutas e legumes de consumo diário, portanto, ter uma dieta equilibrada é uma forma fácil e acessível para evitar estrias naturalmente.

A gravidez

Durante a gravidez, ocorrem diversas mudanças no corpo e, entre elas, o rápido estiramento da pele, a fim de dar espaço ao bebê. Isso é um grande estímulo para o aparecimento de estrias.

Essas cicatrizes começam a surgir por volta do segundo trimestre da gravidez, quando o crescimento da barriga é mais perceptível. No entanto, para evitar estrias nesse caso, o mais indicado é não esperar esse momento.

A partir do primeiro trimestre, você já deve começar a aplicar produtos hidratantes em seu ventre. Entre os que deram melhores resultados para muitas mulheres, destacam-se o óleo de coco, o óleo de azeite e os cremes especificamente desenvolvidos para evitar estrias durante esse período.

A principal vantagem dos óleos é que, devido à sua consistência, eles produzem uma hidratação superior da pele, favorecendo o seu alongamento sem que, para isso, as fibras se rompam.

Esfoliação

Remover as células mortas da pele é, sem dúvida, uma boa maneira de estimular a produção de novas células. Isso garante que a pele permaneça se regenerando e obtenha um importante estímulo à sua elasticidade natural.

O açúcar (do tipo cristal) é um forte aliado para quem deseja realizar esfoliações naturais. Para tanto, com a pele umedecida, aplique uma pequena quantidade de açúcar e, depois, massageie a região fazendo movimentos circulares.

Esse tratamento pode ser aplicado nas áreas mais propensas ao aparecimento de estrias como as nádegas, as coxas, o abdômen e o tórax. Não se esqueça de que as massagens devem ser suaves, mas firmes, para que o atrito com o açúcar contribua na liberação das células mortas.

Após aplicar esse tratamento para evitar estrias no corpo naturalmente, você deve lavar a área com água morna e, de preferência, aplicar um bom produto hidratante.

Máscaras hidratantes

Se você ainda não tem estrias e deseja evitar o seu aparecimento, considere realizar tratamentos capazes de hidratar bem a sua pele com uma periodicidade de, pelo menos, uma vez por semana.

Alguns dos produtos que podem ajudar você a atingir esse objetivo são os seguintes:

  • Polpa de abacate: seus óleos essenciais possuem qualidades regenerativas. Aplique a polpa de abacate nas áreas de maior propensão ao aparecimento de estrias e deixe agir por cerca de 20 minutos;
  • Cenoura: para esse tratamento, você deve cozinhar as cenouras no vapor para impedir que elas percam as suas qualidades naturais, então, faça um purê com elas e aplique-o na região a ser tratada;
  • Aloe vera ou babosa: essa planta verdadeiramente milagrosa tem fantásticas propriedades regenerativas, ajudando a manter a suavidade natural da sua pele e eliminando quaisquer manchas que existirem. Como método para evitar as estrias naturalmente, basta esfregar o gel produzido a partir da babosa na área selecionada e deixar a sua pele absorvê-lo.

Cumpre ressaltar que a melhor forma de evitar o aparecimento das incômodas estrias é adotar hábitos de vida saudáveis que mantenham o seu peso sob controle e proporcionem uma hidratação realmente adequada para todo o corpo.

Agindo assim, você aprenderá que evitar as estrias naturalmente, além de ser eficaz, é bastante simples: basta um pouquinho de força de vontade e de disciplina.

Os melhores tratamentos corporais para evitar estrias

Confira, a seguir, alguns dos melhores e mais eficazes tratamentos corporais para evitar e, também, combater as estrias.

Carboxiterapia

Trata-se de um procedimento realizado por meio da infusão, em distintas camadas da pele, de gás carbônico medicinal. O resultado é uma significativa melhora na oxigenação de tecidos e na circulação sanguínea, promovendo resultados efetivos para o combate às estrias.

A carboxiterapia é indicada, também, para tratar sequelas de acnes, flacidez, celulite, bem como para o rejuvenescimento da pele.

O processo foi originalmente desenvolvido na França, durante a década de 1930. Desde o seu surgimento, a carboxiterapia vem sendo aprimorada e aplicada nos mais variados tipos de procedimentos, com vistas a acelerar o processo de cicatrização (por meio da oxigenação do sangue) e de acúmulo de gordura corporal.

Sem embargo, o aprimoramento da circulação contribui para o acréscimo da produção de elastina e colágeno. Uma vez que a pele fica mais irrigada com nutrientes, oxigênio e sangue, é possível melhorar a distribuição de líquidos pelo corpo, quebrar células de gordura e, também, reduzir eventuais inchaços.

Isso ocorre em decorrência do efeito do gás carbônico empregado no tratamento que, ao agir como vasodilatador, diminui a afinidade entre o oxigênio e a hemoglobina. Dessa forma, a carboxiterapia apresenta diversas funções, propiciando bons resultados, inclusive, para o tratamento das chamadas microvarizes.

Este tratamento envolve a utilização de um aparelho que regula a vazão do gás carbônico para uma agulha (se você tem medo de agulhas, pode ficar tranquila, pois ela tem um calibre mínimo e não precisa ser aplicada em grandes profundidades sobre a pele).

No tratamento das celulites, por exemplo, a agulha é inserida entre a gordura e a pele, provocando o dilatamento dos vasos e melhorando a circulação. As fibroses são rompidas pela própria injeção de gás carbônico e a gordura é facilmente eliminada por meio do aumento do metabolismo sobre a região tratada.

No caso das estrias, a aplicação do gás carbônico se dá no interior das cicatrizes, a fim de distender os tecidos e estimular a formação de colágeno na área.

Power Shape

O Power Shape é um aparelho capaz de combinar 3 métodos diferentes em apenas um tratamento multifuncional para a face e o corpo. Seu revolucionário método (conhecido como “6 em 1”) articula as mais inovadoras tecnologias de combate às estrias e, de quebra, à gordura localizada, flacidez e celulite.

A poderosa radiofrequência multipolar, o ultrassom cavitacional, o sistema de endermologia e o LED são ativados conjuntamente para melhorar a circulação, estimular a produção de fibras elásticas e colágeno, conferindo um efeito tensor sobre a pele e a redução das células de gordura.

A sucção à vácuo, por sua vez, deixa a pele pronta para receber o feixe de laser, aquecendo os tecidos em uma profundidade máxima de 10 milímetros. Isto é, com a pele mais uniforme e lisa, o laser consegue penetrar mais facilmente na camada de gordura.

O calor gerado engendra a destruição das células de gordura, ao passo que as fibras de colágeno – responsáveis pela sustentação da epiderme – multipliquem-se. Esse processo melhora a silhueta e a aparência da pele.

As tecnologias utilizadas, quais sejam, a radiofrequência, a sucção a vácuo e o laser, são praticamente as mesmas, contudo, as possibilidades de maiores potências e diferentes pulsações possibilitam que vários resultados e efeitos possam surgir por meio do Power Shape.

Radiofrequência

Este tratamento, considerado de última geração, tem sua versatilidade assegurada pela tecnologia tripolar. Utilizada desde meados do século XIX pelo célebre físico francês D’Ansorval, a radiofrequência é amplamente usada até os dias atuais no campo da dermatologia, sendo um dos métodos mais procurados tanto por homens como por mulheres.

Ao empregar correntes de altas frequências (que podem ir de 1560 a 200 kHz, além de uma tensão de cerca de 30 a 40 mil volts), o tratamento gera calor, aumentando a temperatura nos tecidos subcutâneos até atingir os 40°C e, assim, desencadear uma série de reações fisiológicas sequenciais.

Tal aquecimento dos músculos e da pele provoca um aumento considerável do metabolismo celular, melhorando a oxigenação e a circulação sanguínea e induzindo o desenvolvimento de novas fibras de elastina e colágeno. Como consequência, é possível deixar a pele mais firme, reduzindo celulites, estrias e gorduras localizadas.

Entre as principais indicações para este tratamento, além do combate às estrias, destacam-se a necessidade de quebrar as moléculas de gordura e coibir a flacidez da pele. Desse modo, a radiofrequência é altamente recomendável para condições que envolvam:

  • Diminuição da gordura localizada na papada, braços, flancos, culote e barriga;
  • Preenchimento dos lábios vulvares;
  • Redução de fibroses e celulites, melhorando a aparência geral e a firmeza da pele;
  • Aceleração no processo de eliminação de toxinas;
  • Aumenta da renovação celular e da oxigenação;
  • Maior hidratação da pele;
  • Aumento da microcirculação;
  • Elevação do ritmo de produção de elastina e colágeno, colaborando para uma maior sustentação e firmeza da pele;
  • Tratamento de cicatrizes e sinais visíveis provocados pelas estrias;
  • Diminuição das linhas de expressão e das rugas.

Portanto, as maiores vantagens da radiofrequência estão diretamente ligadas à firmeza e elasticidade da pele, da aparência das celulites e silhueta e o combate às estrias.

Um grande diferencial da radiofrequência consiste no fato de propiciar melhorias imediatas por meio de um tratamento indolor e rápido que pode ser realizado em todos os tipos de pele e em qualquer momento.

Considerações finais

Esperamos que essas dicas de como evitar estrias – e também de como tratá-las – tenham sido úteis para você.

Caso esteja em busca de um tratamento eficaz e seguro, não deixe de conhecer as soluções que a GiOlaser oferece!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Agende sua avaliação