12 fev 2019

Por que ocorre e como evitar a flacidez no rosto?

659      0

Você está sentindo que seu rosto não tem mais o mesmo viço e firmeza que antes? Esses podem ser os primeiros sinais de flacidez no rosto. Trata-se de um processo muito comum e natural da pele, mas o excesso dele faz com que fiquemos com cara de cansados e desanimados. A flacidez pode ser notada desde os 25 […]

Você está sentindo que seu rosto não tem mais o mesmo viço e firmeza que antes? Esses podem ser os primeiros sinais de flacidez no rosto. Trata-se de um processo muito comum e natural da pele, mas o excesso dele faz com que fiquemos com cara de cansados e desanimados.

A flacidez pode ser notada desde os 25 anos para frente. Com o avanço da idade, os sinais na pele ficam muito mais aparentes devido ao decréscimo da produção de colágeno e também de ácido hialurônico.

Há diferentes maneiras de evitar essa flacidez indesejada no rosto, seja por meio de tratamentos estéticos apropriados, adoção de bons hábitos alimentares e prática de exercícios específicos. Também existe a opção de usar auxiliares como os dermocosméticos, que colaboram para o combate à flacidez.

Tem interesse no assunto? Vamos mostrar o que causa flacidez e algumas das melhores opções de tratamento para evitar essa condição!

Por que ocorre?

A flacidez no rosto é um processo natural da pele que se acentua com o passar dos anos. Como ocorre de maneira gradual, leva algum tempo até que possa ser percebido. Com o envelhecimento, a produção de colágeno (substância essencial para manter a jovialidade da pele, cabelos e unhas) e de ácido hialurônico diminui.

A queda dessas duas substâncias colabora para o aparecimento da flacidez. Isso é ainda mais perceptível depois da menopausa. Hábitos alimentares e sedentarismo corroboram para que isso aconteça e fatores como hereditariedade ajudam em todo esse processo.

Além disso, pessoas que tiveram perda de peso muito drástica podem apresentar sinais de flacidez no rosto e no corpo.

Quais cuidados tomar?

É perfeitamente possível evitar a flacidez no rosto ou no corpo adotando alguns cuidados básicos. É imprescindível ter uma alimentação balanceada e fazer exercícios com regularidade. Uma alimentação baseada em antioxidantes e alimentos ricos em ômega 3 colabora para afastar os sintomas de flacidez. Aposte em alimentos como peixes, leite e cereais.

Praticar exercícios faciais pode parecer estranho no primeiro momento, mas eles são eficientes no combate à flacidez. Além disso, é indicado o uso de filtro solar para ajudar a manter a estrutura da pele, inibindo a flacidez. O uso de dermocosméticos também colabora para atenuar esse aspecto indesejado da derme.

Quais são os tratamentos disponíveis?

Há diferentes tipos de tratamentos para pele com flacidez. Cada um é adequado a determinado grupo de pessoas e a certas características. É necessário identificar a melhor opção para o seu perfil. Citaremos alguns dos principais tratamentos a seguir.

Peeling Criogênico

O peeling criogênico é um método utilizado especialmente para o preenchimento de rugas. Ele é voltado para peles mais maduras, mas pode ser utilizado em qualquer pessoa que tenha problemas com rugas.

O seu método é feito por meio do preenchimento de rugas a frio. Dessa forma, amplia a longevidade das células e permite que elas recebam mais oxigênio, o que aumenta a qualidade da pele como um todo.

Esse peeling é feito pela tecnologia Genic Filler que permite redensificar a estrutura cutânea. Em outras palavras, ajuda a preencher meios extracelulares e estimula proteínas estruturais, atuando como um preenchedor.

Os efeitos desse procedimento são facilmente percebidos depois de 30 minutos da sessão e os resultados mostram cerca de 40% de diminuição das rugas. A única contraindicação para o procedimento é que ele não deve ser feito em gestantes e mulheres em período de amamentação.

Peeling de Porcelana

peeling tem esse nome justamente por deixar a pele com efeito de porcelana, ou seja, radiante e lisa. Ele pode ser realizado com aparelhos, mas costuma envolver produtos específicos, como máscaras e ácidos. Também é um procedimento que tende a ser feito com alta concentração de vitamina C e ácido hialurônico.

Já na primeira sessão do tratamento é possível sentir a pele mais lisa e brilhante. A principal finalidade é melhorar não só as rugas da pele, mas o aspecto geral dela. Assim, também ajuda no combate às manchas e adicionalmente melhora a hidratação.

Esse tratamento é indicado tanto para quem quer melhorar o aspecto das rugas quanto para pessoas que buscam evitar flacidez e pele opaca. O peeling de porcelana consegue revitalizar a pele do rosto e promover a renovação da elasticidade, além de proporcionar clareamento e diminuir linhas de expressão.

Também é um tratamento rápido que pode ser feito sem qualquer contraindicação, mas é preciso precaução para evitar algum tipo de alergia a determinados produtos. Portanto, certifique-se que de que não há restrições para uso das fórmulas antes de se submeter a sessões.

Tratamento com ácido hialurônico

Com o passar dos anos, o nível de ácido hialurônico produzido pelo corpo diminui significativamente. Ele é necessário para manter o aspecto saudável da pele. Dessa forma, há duas maneiras de aplicá-lo na pele para ter resultados em seu aspecto geral:

  • por meio de aplicações injetáveis;
  • com dermocosméticos que tenham o ácido em sua composição.

A aplicação do ácido hialurônico em forma injetável preenche as rugas e linhas de expressão. Com isso, elas ficam menos aparentes ou somem totalmente. Esse procedimento é conhecido como preenchimento, que atualmente é a substância mais utilizada para isso, pois é facilmente absorvida pelo organismo.

O ácido hialurônico também pode ser utilizado como creme ou sérum. Nessa forma, pode ser aplicado diretamente na pele. Como o ácido hialurônico tem capacidade de atrair moléculas de água, o esperado da reação que ele promove é o preenchimento de vincos e rugas. Quando associado a substâncias como retinol, vitamina C e outros, seus resultados costumam ser ainda mais satisfatórios.

Manter a flacidez no rosto distante parece uma tarefa muito complicada, mas isso é uma análise superficial do processo. Com os devidos cuidados preventivos e tratamentos, sua pele pode ficar com viço e mais firmeza. Para que isso aconteça é essencial seguir algumas das dicas e tratamentos que propomos. Também não se esqueça de consultar um médico dermatologista para obter a opinião de um especialista.

Gostou das nossas dicas e detalhes de tratamento? Ainda está com alguma dúvida? Então, deixe o seu comentário! Vamos adorar ouvir a sua opinião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Agende sua avaliação