18 jun 2020

 Como ter motivação para fazer exercícios em casa?

2132      0

Em função da quarentena do novo coronavírus, os locais reservados para atividades físicas — como academias e parques — tiveram o seu funcionamento suspenso temporariamente nos últimos meses. Por isso, diversas pessoas têm feito exercícios em casa para manter a rotina de treinos e a saúde em dia. No entanto, às vezes, pode ser difícil […]

Em função da quarentena do novo coronavírus, os locais reservados para atividades físicas — como academias e parques — tiveram o seu funcionamento suspenso temporariamente nos últimos meses. Por isso, diversas pessoas têm feito exercícios em casa para manter a rotina de treinos e a saúde em dia.

No entanto, às vezes, pode ser difícil ter motivação para conseguir cumprir, cotidianamente, as práticas físicas. E isso pode parecer ainda mais desafiador quando os exercícios são feitos sozinho e sem a orientação de um profissional.

Pensando nisso, preparamos um post para que você entenda como ter mais motivação para fazer exercícios em casa no período da quarentena. Confira!

Qual a importância de manter uma rotina de exercícios?

É fato que as atividades físicas são fundamentais para a manutenção da saúde e do bem-estar, não é mesmo? Quando incluímos a prática na rotina, gradualmente, ela vai se tornando um hábito e, com o tempo, começamos a perceber os excelentes benefícios que os exercícios proporcionam ao organismo.

No período da quarentena, manter os treinos mesmo sem sair de casa é fundamental para se prevenir contra inúmeras doenças causadas pelo sedentarismo, como pressão alta, doenças cardiovasculares, diabetes, colesterol alto, entre outros.

Além disso, a regularidade das atividades permite uma melhora significativa na qualidade do sono, na redução do estresse, no metabolismo e, inclusive, na imunidade. É possível ter a sensação de bem-estar logo após as práticas, ou seja, os benefícios aparecem rapidamente

No entanto, antes de optar por uma série de exercícios para fazer em casa, avalie a sua condição de saúde e busque por orientação profissional para entender qual é o tipo de treino ideal para você. 

Como melhorar a motivação nos exercícios em casa?

Com a paralisação temporária das academias, muitas pessoas se sentem desmotivadas para dar continuidade às atividades físicas sozinhas. Mesmo assim, a verdade é que não é preciso absolutamente nenhum equipamento para ficar em forma. Basta ter disposição e incluir as práticas no dia a dia, mantendo regularidade e disciplina para garantir os benefícios à sua saúde.

O mais bacana é que grande parte dos exercícios são bastante simples e permitem que o praticante obtenha bons resultados, mesmo estando em casa. A seguir, separamos algumas dicas para ajudar você a ter mais motivação.

Estabeleça uma rotina

É normal que a nossa agenda esteja cheia de compromissos, não é mesmo? Pois considere também incluir os exercícios na sua rotina e procure definir um cronograma para cada dia da semana. Assim, será mais fácil visualizar o que deve ser feito e quanto tempo você terá disponível para as práticas. Isso ainda permitirá que você crie um hábito e ganhe estabilidade, permitindo ter bons resultados e avanços gradualmente.

Faça exercícios antes de começar a rotina 

Mesmo que você continue trabalhando ou estudando em casa, tente adaptar o cotidiano para iniciar os exercícios antes dos seus compromissos. Com isso, você terá mais disposição e foco para dar continuidade ao seu dia, sendo menos provável ser interrompido ou ter distrações no momento do treino. Mesmo que isso possa exigir alguns minutos a menos de sono, certamente em pouco tempo o esforço valerá a pena!

Tenha uma meta específica para ser aplicada

Também é muito importante ter metas específicas e objetivos a serem alcançados, com cautela e de acordo com a sua condição física. O indicado é não se cobrar tanto no início, mas sim ter flexibilidade para avançar aos poucos, em cada uma das práticas. Ainda é interessante anotar o seu progresso diariamente, pois assim você poderá acompanhar os resultados e comparar as suas realizações.

Defina um espaço específico para os treinos

Outra dica que ajuda bastante na motivação é destinar um local em casa que seja exclusivamente para os exercícios físicos. O ideal é escolher um ambiente tranquilo onde você sabe que não será interrompido. Dessa forma, você condiciona o seu cérebro a se sentir estimulado em todos os momentos que entrar nesse espaço para iniciar os treinos.

Quais exercícios são mais adequados para praticar em casa?

Existem inúmeras opções de exercícios simples para manter a prática em casa e não perder o ritmo. Além de simplesmente queimar calorias e gorduras, eles também são indicados para quem deseja conquistar força e resistência física.

Com a rotina, o seu organismo tende a funcionar melhor, estimulando a regulação do metabolismo, o funcionamento das articulações e o aumento da flexibilidade. Lembre-se também que é imprescindível planejar muito bem a sua alimentação para evitar carências nutricionais e, ainda, para ter mais disposição nos horários dos treinos. 

A seguir, veja algumas alternativas de atividades simples e rápidas que podem ser feitas em casa.

Flexões

As flexões trabalham inúmeras partes do corpo ao mesmo tempo, principalmente o peitoral, tríceps e os ombros. O praticante deve esticar o seu corpo e apoiar o peso nas pernas e nos braços, acrescentando esforço para descer e subir. A depender do objetivo, ainda é possível fazer variações do exercício, mas o mais importante é, primeiro, dominar o movimento básico.

Barra fixa

Geralmente, a barra fixa tende a ser uma atividade exigente, mesmo para as pessoas mais fortes e preparadas. Mas o segredo para conseguir fazer as repetições, é sempre tentar ir além daquilo que o seu corpo aguenta. Como na barra fixa não existe carga, apenas o peso do seu corpo permite que você avance no exercício. Assim, se você suporta fazer quatro ou cinco repetições, por exemplo, tente fazer uma ou duas a mais, se esforçando sempre para progredir.

Agachamento

O agachamento é ideal para quem deseja ganhar massa muscular e força. A prática trabalha panturrilhas, quadríceps, abdômen, lombar, entre outras regiões do corpo. Para começar, basta se posicionar de pé com as pernas abertas na largura dos seus ombros e ir descendo completamente o corpo até que você quase consiga se sentar sobre os calcanhares. Com isso, você deve subir lentamente e realizar quantas repetições achar necessário.

Uma das maiores recomendações feitas pelos órgãos oficiais de saúde é a indicação da continuidade da prática de atividades físicas como maneira de prevenção. Portanto, busque praticar os exercícios em casa e ter uma rotina de treinos para usufruir, em pouco tempo, de todos os benefícios para a sua saúde.

Gostou do conteúdo? Aproveite a visita e siga a GiOlaser nas redes sociais para ficar por dentro de todas as nossas novidades! Estamos no Facebook e Instagram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Agende sua avaliação