7 jan 2021

4 diferentes tipos de preenchimento labial e como escolher entre eles

3639      0

O preenchimento labial é um tratamento estético muito procurado por quem quer aumentar o volume dos lábios ou destacar o seu contorno. A boa notícia é que esse procedimento tem se tornado muito acessível. Ele é considerado uma técnica minimamente invasiva e não uma cirurgia, podendo ser feita em um consultório médico. Existem vários tipos […]

O preenchimento labial é um tratamento estético muito procurado por quem quer aumentar o volume dos lábios ou destacar o seu contorno. A boa notícia é que esse procedimento tem se tornado muito acessível. Ele é considerado uma técnica minimamente invasiva e não uma cirurgia, podendo ser feita em um consultório médico.

Existem vários tipos de preenchimento labial e, embora existam outras substâncias, o mais comum é o feito com ácido hialurônico. Como essa substância utilizada para o preenchimento é encontrada no organismo, as possibilidades de alergias ou reações são quase inexistentes.

Quer saber mais sobre esse assunto? Então, continue a leitura para conhecer os principais tipos de preenchimento labial!

Quais são os tipos de preenchimento labial?

De modo geral, existem 4 tipos de preenchimento labial. Veja, a seguir, quais são.

1. Preenchimento dérmico

A pele jovem apresenta uma concentração grande de ácido hialurônico, substância natural do corpo. Com o passar dos anos, ele é produzido em uma quantidade menor, provocando um ar envelhecido e cansado. O preenchimento dérmico tem o objetivo de repor essa deficiência, promovendo o viço e a sustentação da pele.

Assim, esse ácido é injetado diretamente nos lábios, provocando o efeito de preenchimento. Isso ocorre devido à habilidade em aproximar as moléculas de água, o que garante a hidratação da pele e um aspecto saudável.

2. Preenchimento semipermanente

Nessa técnica, faz-se o uso de polilactona e hidroxiapatita de cálcio. É necessário ter uma orientação e uma análise médica antes da aplicação dessas substâncias, já que elas podem causar o surgimento de nódulos e granulomas.

3. Preenchimento definitivo

O preenchimento definitivo é realizado com PMMA ou silicone, substâncias sintéticas que não são produzidas pelo corpo. Nesse caso, o procedimento é mais delicado, já que elas podem provocar reações tardias ou imediatas.

Por isso, é necessário estar ciente de que esses materiais aumentam a chance de rejeição. Logo, o preenchimento definitivo é contraindicado por muitos especialistas.

4. Preenchimento provisório

Nesse caso, o profissional preenche o lábio com ácido hialurônico. Outra substância utilizada é a gordura autógena, que é tirada do próprio organismo da pessoa.

É importante lembrar que a gordura autógena pode causar alguns contratempos. Caso a pessoa passe por um aumento do peso corporal, por exemplo, as células de gordura que foram injetadas nos lábios aumentam de tamanho. Isso resulta em um grande volume na área. Portanto, o ácido hialurônico é mais eficaz.

Como escolher o melhor tipo de preenchimento labial?

Para optar pelo preenchimento labial, é fundamental marcar uma consulta com um especialista. No consultório, o profissional poderá analisar o seu caso e os seus desejos, indicando a melhor opção para você. Além disso, é fundamental que o procedimento seja feito com uma equipe multidisciplinar para que haja uma harmonia facial no procedimento.

Agora que você já conhece os principais tipos de preenchimento labial, lembre-se de pesquisar bastante sobre as técnicas para conhecê-las melhor. Além disso, conte com uma clínica de qualidade, bem conceituada no mercado e que tenha profissionais capacitados, como aqui na GiOlaser!

Gostou deste post e ficou interessado no procedimento? Então, conheça os nossos principais tratamentos faciais e fique por dentro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Agende sua avaliação