15 ago 2019

Veja 4 cuidados essenciais com a pele no inverno

35      0

Não é segredo para ninguém que a estação mais fria do ano exige atenção para manter o corpo saudável e bem hidratado, não é mesmo? Os cuidados com a pele no inverno são fundamentais para que a queda das temperaturas não estimule problemas como o ressecamento facial e corporal. Para fugir da pele opaca e […]

Não é segredo para ninguém que a estação mais fria do ano exige atenção para manter o corpo saudável e bem hidratado, não é mesmo?

Os cuidados com a pele no inverno são fundamentais para que a queda das temperaturas não estimule problemas como o ressecamento facial e corporal. Para fugir da pele opaca e sem brilho no frio, acompanhe as dicas deste post. São 4 cuidados preventivos que você deve seguir para ter a pele bonita e vigorosa em dias gelados. Confira!

1. Use hidratantes e óleos corporais

Usar loções hidratantes é uma dica que deve ser seguida durante todo o ano. Porém, no inverno, os cremes para hidratar o corpo e o rosto devem ser utilizados com maior frequência.

O vento, a troca de temperaturas e o ar seco são situações que favorecem o ressecamento da pele. Por isso, é crucial reforçar a utilização de produtos que, além de hidratarem, protejam o corpo — principalmente em se tratando das áreas mais expostas.

Ter loções específicas para o rosto e para as demais partes corporais também é muito importante. Assim, cada área do corpo recebe os nutrientes e compostos apropriados para manter a pele saudável.

Quem está acostumada a aplicar produtos hidratantes apenas duas vezes ao dia — geralmente uma vez pela manhã e outra à noite — precisa ficar atenta: no inverno, isso talvez não seja o suficiente. A dica é carregar na bolsa ou no carro ou deixar na gaveta do local de trabalho loções hidratantes para aplicar nas mãos e no rosto conforme sentir a necessidade.

Além dos cremes, os óleos corporais são excelentes opções para que a pele fique macia e bem tratada. Eles auxiliam na reconstrução do manto lipídico, responsável por manter a umidade da pele.

2. Evite banhos muito quentes

Entre os cuidados com a pele no inverno está a temperatura do banho. Quem gosta da água bem quente para esquentar o corpo no frio deve saber que o calor tem desdobramentos prejudiciais para a pele.

Coceiras, áreas ressecadas e vermelhidão são algumas das consequências do banho com a temperatura da água elevada. Isso porque, além de dilatar os poros, água quente faz com que o corpo perca a umidade natural e a proteção da epiderme. Com essas perdas, a pele costuma ficar áspera e mais vulnerável para que situações de ressecamento surjam.

Além disso, as altas temperaturas do banho estimulam a produção das glândulas sebáceas, que promovem a oleosidade. O couro cabeludo e o rosto são partes do corpo que sentem esses efeitos com maior intensidade.

Por outro lado, apesar de aumentar a oleosidade na região capilar, o banho quente resseca as pontas dos fios e intensifica a opacidade do cabelo. Já no rosto, a água quente pode ocasionar o desequilíbrio da pele, deixando-a desidratada de água porém oleosa.

Existem duas dicas valiosas para que o banho no inverno seja agradável e os possíveis danos para a pele sejam amenizados. A primeira delas é encurtar o tempo no chuveiro: a exposição excessiva à água, mesmo que em temperatura morna, pode colaborar para que os efeitos prejudiciais apareçam. Já a segunda dica é poupar o rosto e preferir fazer a higiene da face com água fria.

3. Mantenha uma alimentação balanceada

Inverno combina com comidas quentes, gordurosas e cheias de molhos e boas taças de vinho, não é mesmo? Em partes! Para manter a pele saudável, essa combinação precisa ser consumida com cautela.

A alimentação influencia diretamente o aspecto do corpo e do rosto. Por isso, optar por refeições balanceadas é a melhor alternativa em qualquer estação do ano. E não é diferente no inverno! Especialmente quando as temperaturas caem, é normal reparar que a quantidade de água ingerida fica menor. Da mesma forma, pratos mais calóricos ganham espaço nos cardápios.

Ao beber menos água, o corpo tem menos fontes de hidratação, e a sensação é percebida — literalmente — na pele. O consumo de bebidas alcoólicas também causa desidratação. Já o excesso de açúcar atrapalha o funcionamento das células responsáveis pela elasticidade cutânea.

Vale ressaltar que para manter o corpo saudável é fundamental hidratar de dentro para fora. Lembra daqueles dois litros de água indicados para beber diariamente no verão? Não pare no inverno! Siga com o hábito para que a pele fique cada vez melhor.

Uma dica importante para ter uma alimentação que favoreça os cuidados com o corpo é incluir alimentos ricos em antioxidantes nas refeições. Eles têm como objetivo combater os radicais livres, que são moléculas que aceleram o envelhecimento.

4. Continue com o protetor solar

A falta de dias quentes não significa que o protetor solar deve ser guardado no armário até a próxima vez que você for à praia.

Um dos cuidados com a pele no inverno que não pode ser esquecido é o uso de loções com fatores para protegê-la do sol. Esses produtos formam uma barreira no corpo, capaz de evitar a absorção excessiva dos raios solares.

Durante a estação mais fria do ano e em dias nublados, a emissão de raios UVA e UVB é mais amena, porém não é inexistente. A exposição ao sol sem protetores incentiva o aparecimento de sinais de envelhecimento, como manchas, e até mesmo doenças mais agressivas, como o câncer de pele.

Áreas que ficam mais vulneráveis — como face, mãos e colo — precisam estar diariamente protegidas com protetor solar até mesmo em dias frios e chuvosos. Além do sol, protetores solares também são eficazes para que a pele não sofra com a emissão de luzes fluorescentes e de equipamentos eletrônicos.

Apesar da aparência inofensiva para a saúde, esses dispositivos emitem uma luz que pode agredir a pele, principalmente aquelas mais sensíveis ou que estão passando por algum tipo de tratamento.

Falando em tratamento, como a emissão de raios é mais amena e a exposição ao sol é mais controlada no inverno, a estação é ideal para apostar em cuidados estéticos. Uma dica para quem pensa em fazer depilação a laser e procedimentos faciais ou corporais com mais conforto é aproveitar o período de dias mais frios e de raios solares menos intensos para a realização deles.

Agora que você sabe como é importante manter cuidados com a pele no inverno, já pode colocar as dicas apresentadas em prática.

Este conteúdo foi interessante para você? Aproveite que está por aqui, conheça mais sobre ácido hialurônico e descubra o poder dele para a sua pele!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Agende sua avaliação