23 jan 2020

Você sabe o que é ultracavitação? Descubra aqui como funciona!

2428      0

O desejo de eliminar gordura localizada é compartilhado por muitas pessoas que acabam optando por procedimentos estéticos invasivos, como a lipoaspiração. No entanto, é importante saber que existem outros tratamentos que alcançam resultados semelhantes, sem a necessidade de cirurgias. Por esse motivo, entender o que é ultracavitação, a lipo sem cortes, é muito vantajoso. Neste […]

O desejo de eliminar gordura localizada é compartilhado por muitas pessoas que acabam optando por procedimentos estéticos invasivos, como a lipoaspiração. No entanto, é importante saber que existem outros tratamentos que alcançam resultados semelhantes, sem a necessidade de cirurgias. Por esse motivo, entender o que é ultracavitação, a lipo sem cortes, é muito vantajoso.

Neste post, você vai descobrir como ela funciona, as suas contraindicações, os principais benefícios que oferece para o corpo e os cuidados necessários após o procedimento. Acompanhe e veja como é possível reduzir medidas com essa tecnologia!

O que é ultracavitação?

A ultracavitação, no segmento da estética, nada mais é que uma técnica aplicada com um aparelho de ultrassom. Desse modo, as ondas sonoras emitidas quebram as células de gordura da região corporal na qual é submetida ao procedimento. 

Como funciona a ultracavitação?

Quando o equipamento de ultrassom é colocado em contato com o corpo, as ondas sonoras penetram na pele até atingirem a gordura. Isso gera bolhas de gás dentro das células, as quais acumulam energia e aumentam de tamanho. Dessa maneira, a estrutura interna se agita e, por fim, é rompida, liberando a gordura. 

Como resultado da quebra, são liberadas substâncias chamadas de ácidos graxos livres, que o organismo reaproveita como energia e glicerol. Depois disso, são transformadas em água e eliminadas naturalmente pelo corpo.

Além disso, antes do ultrassom, é comum que seja aplicado um gel redutor na área do corpo que será submetida ao tratamento. Depois disso, o aparelho é deslizado na região, emitindo as ondas ultrassônicas. Ainda, é importante ressaltar que é necessária uma adiposidade de 3 cm para receber o tratamento.

Para obter resultados eficazes e seguros, é fundamental que o procedimento seja feito em clínicas de estética e por profissionais capacitados. Vale destacar também que o procedimento é realizado em sessões, é indolor e não é invasivo, por isso, é chamado de lipo sem cortes.

Quais são os benefícios da ultracavitação?

A ultracavitação é um tratamento estético com resultados que podem ser percebidos logo na primeira sessão. A técnica acaba com uma média de 30% a 80% da gordura localizada. Visualmente, é possível notar que a paciente perde até 1 cm de medida nas áreas tratadas, por sessão.

O tratamento costuma ser feito em 6 a 10 sessões, com duração de 30 a 90 minutos cada. Entretanto, é fundamental que um profissional qualificado faça a avaliação prévia da paciente para indicar o número adequado de sessões.

Além do mais, o procedimento apresenta outros benefícios, como:

  • auxilia na redução de medidas;

  • diminui e previne a celulite

  • reduz a gordura localizada;

  • elimina as células de gordura;

  • não é invasivo;

  • é indolor e sem desconforto;

  • não apresenta efeitos colaterais, como hematomas e edemas;

  • a recuperação é imediata;

  • colabora para remodelar o corpo;

  • tem efeitos a curto prazo;

  • ajuda a deixar a pele mais saudável;

  • trata-se de um tratamento seguro.

Para quem a ultracavitação é indicada?

Para apostar na ultracavitação como procedimento estético, seja para combater gorduras localizadas ou minimizar celulite, é preciso que o paciente tenha algumas informações importantes em mente.

Vale destacar que a técnica não é indicada para emagrecimento. Na verdade, ela é voltada para quem apresenta gordura localizada com prega cutânea acima de 3 cm no local do corpo que será aplicado o ultrassom. Portanto, são voltadas para gorduras pontuais que não foram eliminadas com dieta ou práticas de atividades físicas.

Por não ser uma opção para emagrecer, é ideal que a pessoa que será submetida ao tratamento esteja no peso ideal, com sobrepeso leve ou focos de gordura. Por isso, é orientada para quem deseja perder até 5 kg, com foco na redução de centímetros e remodelagem do corpo.

Existem contraindicações da ultracavitação?

Existem sim algumas contraindicações. Primeiramente, é essencial que o paciente esteja com os níveis de colesterol e triglicerídeos no sangue de acordo com o indicado. Pessoas com os níveis elevados não devem fazer o tratamento.

Ademais, grávidas, pessoas com doenças vasculares e insuficiências (como a renal e a hepática) devem evitar a ultracavitação. Indivíduos com tumor ou histórico de câncer também não devem ser submetidos ao procedimento.

Por isso, antes iniciar a aplicação da técnica, é válido realizar exames para verificar o estado de saúde do paciente. Sendo assim, os níveis de colesterol e triglicerídeos serão avaliados previamente por um médico, que dará as orientações adequadas.

Mesmo assim, é oportuno reforçar que a ultracavitação não apresenta riscos para a saúde quando o protocolo para a sua execução é respeitado. Diante disso, fica evidente que contar com clínicas especializadas é um ponto de extrema importância. O uso incorreto do aparelho de ultrassom pode não atingir os resultados esperados.

A ultracavitação substitui a lipoaspiração?

Para responder essa pergunta, é pertinente saber que a lipoaspiração é uma cirurgia plástica, invasiva, que exige uma preparação anterior ao procedimento e cuidados após. Ela também requer um tempo para recuperação e costuma deixar hematomas logo nos dias posteriores ao procedimento.

Contudo, ela ainda tem uma maior capacidade para eliminar a gordura do corpo. Por isso, a ultracavitação não substitui a lipoaspiração em casos severos, com maior acúmulo de gordura.

Quais são os cuidados necessários após a ultracavitação?

Por não ser invasivo e sem riscos à saúde, é recomendado que o paciente tenha apenas três cuidados básicos: beber água diariamente — pelo menos dois litros por dia —, realizar atividade física e ter uma alimentação saudável e balanceada. Quem mantém esses cuidados após as sessões potencializa os resultados, pois eles auxiliam na eliminação da gordura feita pelo próprio corpo.

Como manter os resultados da ultracavitação?

Não basta investir em procedimentos estéticos e esperar que eles permaneçam por um longo período se alguns hábitos não forem ajustados. A questão da alimentação é fundamental para manter o corpo longe das gorduras localizadas e celulites. Portanto, comer alimentos leves, equilibrados e evitar os ultraprocessados e gordurosos é um passo muito importante.

Além disso, a prática de exercícios físicos também é uma atitude complementar e que colabora para que os resultados do tratamento sejam mantidos. Afinal, eles auxiliam diretamente na eliminação de gordura.

Agora que você conhece um pouco o que é ultracavitação, a lipo sem cortes, é possível perceber que o procedimento é muito interessante para quem quer reduzir medidas e ficar livre das gordurinhas localizadas, certo? Por isso, não deixe de encontrar uma clínica especializada para se certificar de que você pode realizar o procedimento.

Quer saber mais sobre esse procedimento? Visite nosso site e agende agora mesmo um horário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Agende sua avaliação