Banner

A estética é um quesito muito importante para a maioria das pessoas. Mas, com o passar do tempo, a nossa pele vai deixando o tom uniforme para trás e passa a adquirir algumas “imperfeições”, sejam elas protuberâncias, marcas ou melasma e manchas. No entanto, com o avanço da tecnologia já existem técnicas que incluem o melhor tratamento para melasma.

Essa condição atinge em sua maior parte o público feminino e pode prejudicar a autoestima das pessoas, mas seguindo alguns cuidados é possível ter uma pele transformada e com a aparência clara, revigorada e lisa.

Interessou-se pelo assunto? Então, continue lendo este post e saiba o que é melasma, suas causas e a melhor maneira de tratar. Acompanhe!

O que é melasma e quais os tipos?

Melasma são manchas escuras que surgem na pele, caracterizada por um distúrbio de pigmentação de tom amarronzado. Esse surgimento de manchas geralmente aparece no buço, testa e bochechas, mas também podem aparecer nos braços e no colo. Essa condição de pele pode ser dividida em três tipos que devem ser identificados para se obter o diagnóstico e começar o tratamento. Veja alguns dos tipos mais comuns.

Epidérmico

A epiderme é a camada da pele mais superficial, consequentemente, a que está em contato com o ambiente. Melasma epidérmica é quando há um aumento de depósito de pigmento através da epiderme, ou seja, as concentrações das manchas são mais superficiais.

Dérmico

Já o dérmico, como o próprio nome diz, vem de derme e é a camada da pele abaixo da epiderme. Assim, melasma dérmico é caracterizado pelo acúmulo de melanina ao redor dos vasos superficiais e profundos da pele.

Misto

Melasma misto acontece quando atinge mais de uma camada da pele. Ou seja, nesses casos, tanto a epiderme quanto a derme são afetadas por esse distúrbio de pigmentação.

Quais as causas para o aparecimento dessas manchas na pele?

Não há somente uma causa para o aparecimento das manchas, mas entre as causas a mais conhecida e frequente é a exposição solar. A melasma está associada principalmente com a exposição de raios solares, pois a luz ultravioleta estimula a produção de melanina (pigmento que da cor à pele).

Entretanto, há também outros fatores que causam melasma, como o uso de anticoncepcionais, os hormônios liberados na gravidez, predisposição genética e também algumas doenças, como hepatopatias.

Como é possível tratar melasma?

Quem sofre com essas manchas na pele, fica sempre se questionando como fazer o clareamento. Isso porque, as manchas demelasma podem ser clareadas e, neste caso, é preciso do acompanhamento de um dermatologista para identificar qual o tipo para assim saber o melhor tratamento. Além de ter cuidados com a exposição aos raios ultravioletas fazendo o uso de protetor solar, também existe o tratamento feito por meio de procedimentos estéticos. Entre as soluções, podemos citar algumas que seguem.

Peeling químico

O tratamento feito com peeling químico é realizado através da uma descamação controlada que utiliza substâncias químicas (ácidos). Nesse tratamento, os ácidos utilizados são mais fortes que os encontrados em cremes, tendo assim um resultado mais rápido. Porém, neste procedimento, também pode ser utilizado um ácido mais leve para melasma epidérmico ou mais intenso para os casos mais profundos.

Peeling de diamante

O peeling de diamante, também conhecido por microdermoabrasão, é outra forma de tratamento para melasma. Nesse procedimento é feita a retirada das células mortas da camada mais superficial por meio de uma esfoliação profunda da pele. O peeling de diamante também estimula a produção de elastina e colágeno, que é o que contribui para a melhoria no clareamento das manchas.

Microagulhamento

O microagulhamento é uma técnica de procedimento estético que pode ser usado para o tratamento das manchas de melasma. Nessa técnica são utilizadas microagulhas de aço cirúrgico, e com elas a pele é perfurada. Essa perfuração aumenta a vasodilatação e a produção de colágeno, fazendo com que ocorra a diminuição das manchas, além de promover a diminuição da flacidez e rugas no rosto.

Peeling ultrassônico

O tratamento com peeling ultrassônico promove a limpeza das células mortas. Dessa forma, esse tipo de procedimento ganhou bastante destaque, pois favorece uma limpeza sem causar maiores efeitos colateral. Assim, suas vibrações conseguem estimular a produção de colágeno e elastina por meio de uma limpeza profunda.

Laser

O tratamento com laser é feito de acordo com a profundidade da melasma, geralmente em sessões semanais. O laser utilizado promove a liberação de ondas de calor sobre a pele que proporciona a destruição do pigmento da melanina. O procedimento com laser geralmente é utilizado em casos de melasma profundo.

O que deve ser considerado para escolher a melhor solução?

Geralmente, para obter os resultados desejados, são necessárias diversas sessões que podem variar conforme a profundidade e a intensidade de melasma.

Diante disso, assim que perceber a aparição das manchas, é indicado fazer uma consulta com um dermatologista para descobrir de qual dos três tipos de melasma se trata. Assim, com um diagnóstico, ficará mais fácil de escolher o melhor tratamento.

Qual a importância de contar com profissionais altamente qualificados?

Causado por diversos fatores que transitam em desequilíbrio hormonal, alta exposição à luz solar e raio ultravioleta, a melasma acomete grande parte da população e causa grande comoção para a vaidade tanto das mulheres quanto dos homens.

Dessa forma, para ter um resultado mais efetivo, é de suma importância poder contar com profissionais altamente qualificados, a fim de garantir um ótimo resultado. E, para isso, você pode confiar na GiOLaser, onde encontrará máximo conforto, segurança e eficácia no melhor tratamento para melasma, tudo em um só lugar e com a mais moderna tecnologia. Assim, poderá manter a sua autoestima e bem-estar sem gastar muito.

Gostou do nosso post? Tem manchas escuras na pele? Então, converse com um dos nossos especialistas da clínica e veja os melhores tratamentos para o seu caso.


Dicas da GiO

Tipos de tratamento

Teste
Tratamentos Faciais

Indicados para prevenir ou combater consequências do envelhecimento cutâneo como, por exemplo, flacidez, rugas, linhas de expressão e mais...

Teste
Depilação a Laser

Acabe com os pelos indesejáveis pelo corpo inteiro. Mesmo os pelos mais grossos e rebeldes podem ser removidos em apenas algumas sessões.

Teste
Tratamentos Corporais

Não podemos nos esquecer de cuidar da nossa maior e mais importante ferramenta para cumprir as atividades do dia a dia: o nosso corpo.