26 set 2018

Tratamento para celulite: como a drenagem linfática pode ajudar?

720      0

Cada vez mais procurada como tratamento para celulite, a drenagem linfática busca estimular o sistema do nosso corpo que leva o mesmo nome, fazendo-o trabalhar mais rápido. Isso ajuda a reduzir a retenção de líquido e ativa a circulação sanguínea, além de trazer melhoras para o aspecto da celulite e a diminuição da gordura localizada, já que acelera o […]

Cada vez mais procurada como tratamento para celulite, a drenagem linfática busca estimular o sistema do nosso corpo que leva o mesmo nome, fazendo-o trabalhar mais rápido.

Isso ajuda a reduzir a retenção de líquido e ativa a circulação sanguínea, além de trazer melhoras para o aspecto da celulite e a diminuição da gordura localizada, já que acelera o metabolismo local.

Mas você sabe como essa técnica de massagem atua no organismo para trazer todos esses benefícios? Neste artigo, você vai conhecer um pouco mais a respeito da drenagem e as recomendações para quem pretende usá-la como tratamento para celulite. Confira!

A atuação da drenagem linfática

Para compreender como essa técnica funciona, é preciso estar por dentro da atuação do sistema linfático. Ele consiste em uma rede de vasos, semelhante à circulação sanguínea, que conduz a linfa – um líquido amarelo e viscoso rico em proteínas, glóbulos brancos e células mortas e sanguíneas, que também carrega bactérias e toxinas.

A linfa vai até gânglios (chamados de linfonodos) presentes em locais do corpo como virilha, axilas e pescoço, que são responsáveis por filtrá-la, retendo as impurezas para serem eliminadas.

Algumas pessoas podem produzir o líquido do sistema linfático em um ritmo mais lento ou ter dificuldade na sua absorção. Nesses casos, ele se acumula entre as células, causando inchaço.

Na drenagem linfática, portanto, a massagem – capaz de ser realizada manualmente ou com o auxílio de aparelhos – acontece sempre em direção aos linfonodos, otimizando a circulação da linfa. Ela pode ser realizada nas pernas, barriga, braços, tórax, rosto e couro cabeludo.

A drenagem como tratamento para celulite

Ao melhorar o funcionamento do sistema linfático, a drenagem contribui também para a oxigenação do corpo, ajudando a melhorar o aspecto daquelas áreas com os furinhos indesejados.

Mas cuidado: não existem milagres! No tratamento para celulite, a técnica só é eficaz para quem tem lesões em grau leve.

Além disso, para que os resultados apareçam e o inchaço não volte, a massagem deve ser repetida regularmente.

Os hábitos saudáveis como aliados

Não importa qual o seu objetivo ao fazer drenagem linfática: os resultados serão mais eficazes se o tratamento for aliado a determinadas mudanças de hábito. Listamos as principais:

  • reduza a ingestão de sódio, evitando não somente o sal, mas também alimentos industrializados;
  • consuma mais fibras, pois elas melhoram a digestão e contribuem para diminuir a retenção de líquidos;
  • beba muita água, já que quanto mais líquido você tiver no seu corpo melhor será a circulação da linfa;
  • pratique uma atividade física regularmente, considerando que exercícios aumentam a oxigenação do corpo e otimizam os resultados da drenagem.

Já deu para perceber que a drenagem linfática traz uma série de vantagens ao organismo além de figurar como uma ótima opção de tratamento para celulite, não é verdade?

E os benefícios não param por aí: essa massagem é um excelente relaxante, podendo contribuir até para diminuir a ansiedade!

Se você também se incomoda com aqueles furinhos na pele na região das coxas e do bumbum e se entusiasmou com todas as melhorias que essa técnica pode trazer para o corpo, entre em contato com a gente!

Agende sua avaliação