Banner

 As marcas na pele podem ser maneiras de contar nossas histórias. No entanto, muitas vezes, elas provocam incômodo e afetam a autoestima. Além de produtos disponíveis que prometem a melhora desses aspectos, também há outros tipos de tratamentos para cicatriz que entregam excelentes resultados.

Dessa forma, há tratamentos estéticos que são menos invasivos do que a realização de cirurgias. E esses procedimentos para reduzir a aparência de manchas, marcas de acne e outras lesões trazem resultados perceptíveis desde o início. Há até mesmo melhoria nas cicatrizes chamadas hipertróficas, que são aquelas em alto relevo na pele — e que, sem o devido cuidado, podem virar queloides.

Portanto, venha conhecer alguns desses tratamentos para ficar com a pele impecável sem precisar passar por cirurgias!

1. Microagulhamento

Esse é um tratamento dermatológico que traz ótimos resultados. Utilizando um equipamento que tem microagulhas que perfuram a pele e estimulam a produção de colágeno, o microagulhamento entrega uma pele menos oleosa e mais natural. Além disso, há uma significativa redução das cicatrizes, de marcas de expressão e de manchas.

Nesse sentido, o microagulhamento faz furos muito pequenos na pele e, com isso, ajuda a suavizar as marcas de cicatrizes. Contudo, esse é um procedimento que exige alguns cuidados. Pessoas com problemas de circulação, diabéticas ou que tenham doenças de pele não podem fazer, por exemplo.

É importante salientar que mesmo que melhorem a aparência da pele, os tratamentos ajudam a deixar as marcas menos perceptíveis, mas nem sempre fazem com que elas desapareçam completamente. Por isso, é essencial procurar por clínicas de estética especializadas e que possam aplicar as técnicas certas e a quantidade de sessões adequada.

2. Luz pulsada

Danos físicos que se transformam em cicatrizes também podem ser tratados com a aplicação de Luz Intensa Pulsada. Esse procedimento é realizado com um aparelho que ajuda a melhorar a aparência de cicatrizes mais escuras ou com a coloração avermelhada — mas também melhora a consistência de algumas marcas endurecidas.

Esse tratamento funciona com um laser fracionado que auxilia a pele a se recuperar com mais rapidez. Desse modo, a luz é ativada diretamente sobre a cicatriz e, caso seja necessário, também pode ser aplicada uma medicação para ajudar. Assim, podem ser usados cremes que auxiliem no clareamento ou na hidratação, ajudando a restaurar o tecido.

Como outros tipos de tratamentos, a luz pulsada deve ser feita em diversas sessões para que o resultado seja satisfatório. Contudo, o procedimento não é milagroso e as marcas podem não sumir completamente, mas há uma grande melhora na aparência e na consistência das cicatrizes que são percebidas desde a primeira sessão.

3. Peeling químico

Você sabia que o peeling químico é uma técnica milenar para ajudar na melhora do aspecto da pele? O procedimento começou a ser feito na medicina egípcia há cerca de 1500 anos a.C. Portanto, há tantos séculos sendo realizado, hoje, esse tratamento já é extremamente seguro, principalmente quando feito por profissionais capacitados.

Dessa maneira, o peeling químico é recomendado para deixar a pele com aspecto mais viçoso, melhorando a aparência e a textura. São aplicados ácidos que fazem com que a pele se renove mais rapidamente, fazendo a renovação também das células e o descame. Conheça os principais tipos desse peeling:

  • superficial: é feito na camada mais superficial da pele e ajuda a atenuar manchas, elimina sinais de acne e melhora rugas superficiais;
  • médio: os ácidos aplicados eliminam a camada externa da pele e tratam pústulas e inflamações, assim como linhas de expressão mais profundas;
  • profundo: atinge as camadas mais profundas e é indicado para quem tem a pele bastante danificada, como marcas de acnes, manchas provocadas pelo sol e outras cicatrizes.

Por serem usados produtos químicos, como os ácidos, realizar o peeling em uma clínica experiente e com bons profissionais é fundamental. Para ter uma pele mais lisa, suave e elástica, esse é um tratamento muito eficaz. Porém, não se esqueça de fazer uma boa hidratação e aplicar filtro solar para evitar manchas, já que a descamação deixa o rosto sensibilizado.

4. Preenchimento dérmico

Aquelas cicatrizes mais profundas, os sulcos na pele e as rugas podem ser tratadas facilmente com o preenchimento dérmico. Você já deve conhecer o ácido hialurônico, que é o novo queridinho e que ajuda na hidratação na pele. Entretanto, a aplicação direta desse elemento pode repor a deficiência dele na pele — ele já é produzido naturalmente pelo organismo, mas diminui com o decorrer do tempo.

Nesse sentido, ao utilizar o ácido hialurônico, é possível preencher espaços que ficam entre as células. Ou seja, além de melhorar a textura e a aparência, ele ainda auxilia para melhorar a sustentação e o viço. Quando a substância é injetada diretamente na pele, ela causa um efeito de preenchimento e deixa a região mais hidratada.

Por isso, o preenchimento com ácido hialurônico é recomendado para deixar aquelas cicatrizes que tanto incomodam menos visíveis. O que difere esse dos demais tratamentos é que é preciso fazer manutenções com o tempo. Outro ponto que merece atenção é que nem todas as pessoas podem fazer esse procedimento, como gestantes, pessoas com problemas de coagulação e sensibilidade, que tenham distúrbios neuropsicológicos ou com infecções na área que desejam tratar.

5. Toxina botulínica

Esse é o famoso botox. Entre as suas mais variadas vantagens, como rejuvenescer, prevenir rugas e melhorar as linhas de expressão, a toxina botulínica tem outra função importante e pouco comentada: a melhora de cicatrizes. Por ajudar no relaxamento da área aplicada, há um estiramento da cicatriz e isso ajuda na melhora da pele.

Entretanto, saiba que a quantidade de botox aplicada é bem menor, uma vez que o intuito é apenas fazer um leve preenchimento. Além disso, esse tipo de tratamento é recomendado apenas para casos de cicatrizes distensíveis — ou seja, que são reduzidas ou somem quando a pele é esticada.

Outro fator que precisa ser destacado é que o botox dura, em média, até seis meses. Portanto, é necessário ter disposição para fazer o procedimento continuamente se você quiser manter sempre a aparência da pele. Por isso, como ter um tratamento para cicatriz bem-feito é essencial, conte com os profissionais da GiOlaser e dê adeus às marquinhas!

Para saber mais sobre os nossos tratamentos, agende uma avaliação em nosso site: https://www.giolaser.com.br/


Tratamentos Faciais

Tipos de tratamento

Teste
Tratamentos Faciais

Indicados para prevenir ou combater consequências do envelhecimento cutâneo como, por exemplo, flacidez, rugas, linhas de expressão e mais...

Teste
Depilação a Laser

Acabe com os pelos indesejáveis pelo corpo inteiro. Mesmo os pelos mais grossos e rebeldes podem ser removidos em apenas algumas sessões.

Teste
Tratamentos Corporais

Não podemos nos esquecer de cuidar da nossa maior e mais importante ferramenta para cumprir as atividades do dia a dia: o nosso corpo.