Tratamentos Corporais

Criolipólise

Se você deseja eliminar algumas gordurinhas locais sem passar por procedimentos invasivos, a Criolipólise pode ser o tratamento indicado para você!
Além de ser relativamente rápido, é um procedimento de grande eficácia no controle de gorduras localizadas e redução de medidas, conquistando o bem-estar de homens e mulheres por todo o mundo.

A Criolipólise da GiOlaser é um tratamento estético excelente para quem quer reduzir a gordura corporal de forma não invasiva. Em apenas uma sessão, o tratamento usa baixas temperaturas para eliminar gordura localizada sem danificar a pele e outros tecidos. Um aparelho específico, de maneira segura e controlada, faz uma espécie de sucção na pele que congela as células de gordura. Após o procedimento, a gordura congelada vai deixando o corpo, ajudando a reduzir medidas corporais, celulite e a própria gordura localizada.

Antes de tudo, é necessário passar por uma avaliação para saber se o método é indicado ao seu caso ou se outro tratamento pode ser uma solução mais adequada.

Com a possibilidade de ser adaptado para diferentes áreas do corpo, como coxa, abdômen, braço, parte superior das costas entre outras áreas, o aparelho da Criolipólise é colocado sobre uma capa anticongelante na superfície da pele para realizar a sucção da gordura localizada. Ao mesmo tempo, o processo de resfriamento controlado acontece a uma temperatura aproximada de -5°C a -10°C por um período de 40 a 60 minutos.

Em contato com a baixa temperatura, as células de gordura se rompem totalmente sem causar qualquer dano a nervos, músculos e outras estruturas. De forma natural, o corpo entende que a gordura já não faz mais parte do organismo e a expele.

A partir do décimo dia após a sessão de Criolipólise, a quebra de gordura já pode ser visível e a redução de medida começa a ser percebida. Porém o efeito máximo acontece de dois a três meses após a sessão. O resultado leva certo tempo para aparecer porque quem elimina as células de gordura é o próprio organismo por meio de fezes e urina, mas podendo reduzir de 20% a 25% da gordura localizada já na primeira sessão.

O motivo da demora é que o organismo só percebe que aquela gordura não deve ficar mais ali e começa a remover aquelas células que não servem mais depois de 30 dias.

Como dito antes, de acordo com estudos científicos, uma única sessão é capaz de reduzir de 20% a 25% da gordura localizada na região tratada. Porém, caso a gordura removida na primeira sessão não tenha sido suficiente, uma segunda sessão no mesmo local pode ser feita cerca de dois meses após a primeira.

Os resultados só são eficazes para os pacientes que seguirem à risca as recomendações anteriores e após o procedimento. Portanto, antes de se tratar, é necessário ter o peso controlado, afinal este é um tratamento de redução de medidas, e não de peso. Evitar bebidas alcoólicas e remédios com ação anticoagulantes também é uma medida importante.

Após o tratamento, evite saunas, banhos quentes, massagens e piscinas por um período de 24h. Também é bom aguardar 48 horas para consumir bebida alcoólica e praticar atividades físicas.

No mais, para manter os resultados agradáveis, é necessário manter boa alimentação e a constante prática de exercícios físicos. Afinal, se você estiver ingerindo mais energia do que consome, seu organismo irá repor a gordura perdida com novas células de gordura, tornando o procedimento em vão.

A Criolipólise não é um procedimento para diminuir o peso, portanto não é indicado a quem tem sobrepeso ou obesidade. O tratamento serve para reduzir medidas corporais, celulite e a própria gordura localizada, eliminando o famoso “pneuzinho” em quem já conta com o peso ideal.

Sim! Nem todo mundo pode fazer a Criolipólise, então, é necessário passar por uma avaliação detalhada antes. O tratamento não é indicado para quem passou por cirurgia recentemente, gestantes, pessoas com hérnias no local da aplicação, sensibilidade ao frio e infecções na pele.

Se você pretende emagrecer, vale ressaltar que o método combate a gordura localizada e não o excesso de peso, pois não atinge a gordura de todas as áreas do corpo ou depositada entre os órgãos.

Dúvidas Frequentes

Agende sua avaliação