18 jul 2019

Preenchimento labial com ácido hialurônico: saiba como ele é feito

1042      0

O cuidado com os lábios, na atualidade, faz parte da lista de preocupações das pessoas.  Para atender à demanda, novos procedimentos estéticos, como é o caso do preenchimento labial com ácido hialurônico, chegaram ao mercado. Seja para aumentar o volume, seja para melhorar o contorno da boca, a técnica tem apresentado resultados incríveis em quem faz a […]

O cuidado com os lábios, na atualidade, faz parte da lista de preocupações das pessoas.  Para atender à demanda, novos procedimentos estéticos, como é o caso do preenchimento labial com ácido hialurônico, chegaram ao mercado. Seja para aumentar o volume, seja para melhorar o contorno da boca, a técnica tem apresentado resultados incríveis em quem faz a aplicação.

Neste post, você vai descobrir o que é o preenchimento labial com ácido hialurônico, entender como ele é feito, para quem é indicado, além de conhecer os principais benefícios e contraindicações do procedimento. Boa leitura!

O que é preenchimento labial com ácido hialurônico?

É uma técnica que consiste em aplicações de ácido hialurônico nos lábios. Com uma agulha, o profissional injeta a substância no paciente. Enquanto realiza a aplicação, ele modela a boca para que fique conforme o formato desejado.

A aplicação do ácido hialurônico preenche os lábios e pode ser utilizada para redefinir o contorno da boca, aumentar o volume e combater sinais de envelhecimento na região.

Ácido hialurônico

Você sabia que o ácido hialurônico é produzido de forma natural pelo nosso organismo? A substância é classificada como um tipo de açúcar que fica entre as células, preenchendo os espaços entre elas.

Sobre as funções no corpo, o ácido ajuda na hidratação da pele — por ser uma molécula que atrai água —, colaborando, ainda, para que ela mantenha a elasticidade e permaneça uniforme. Além disso, o ácido hialurônico estimula a produção de colágeno, que é uma proteína fundamental para manter a pele saudável.

Com o passar dos anos, a substância tem a produção reduzida pelo organismo, o que impacta no ressecamento da pele e no aparecimento de rugas.

Como o preenchimento labial com ácido hialurônico é feito?

O procedimento para preencher os lábios é considerado minimamente invasivo. Quando comparado com cirurgias, o método é compreendido como muito mais simples. Por isso, ele pode ser feito em clínicas especializadas.

Antes da aplicação

Um ponto de cuidado é que antes de realizar a aplicação, é importante que a boca esteja sem qualquer tipo de inflamação, como a acne. Para iniciar a sessão, o especialista faz uma avaliação da área que será tratada, assim como alinhamento entre os resultados e as expectativas do paciente. Após essa definição, é feita a higienização da região na qual será injetado o ácido hialurônico.

Antes de iniciar o procedimento, é bastante comum  que o profissional aplique uma medicação anestésica para evitar desconfortos. Com esses cuidados, o preenchimento labial com ácido hialurônico pode ser iniciado. Então, o profissional aplica, delicadamente, a substância com uma agulha muito fina.

A substância pode ser injetada em apenas um lábio — superior ou inferior —, nos dois, na parte interna e nos arredores da boca. Conforme a aplicação é feita, o profissional massageia sutilmente a região para que o ácido hialurônico consiga preencher o espaço de forma correta e modele os lábios de acordo com os efeitos desejados.

Um dos diferenciais desse procedimento é que ele é feito em uma única sessão. Ela dura, geralmente, em torno de 20 a 30 minutos. Porém, para manter os resultados, é preciso fazer sessões de manutenção. A periodicidade varia conforme a complexidade e as orientações do profissional.

Após a aplicação

É válido ressaltar que o ácido hialurônico é um elemento que atrai moléculas de água. A substância precisa de certo tempo para se estabilizar na área aplicada. Assim, a verificação do resultado pode ser conferida depois de passadas algumas semanas. 

Após a aplicação — e geralmente no dia seguinte —, é possível que pequenos inchaços apareçam. Isso acontece porque a boca é uma região com muitos vasos sanguíneos, com capacidade de retenção de líquidos. Nesse caso, é indicado o uso de compressas de gelo nas primeiras horas. Se o problema persistir, o paciente deve consultar o profissional responsável pela aplicação.

É indicado evitar a exposição ao sol nos dois dias sequenciais ao tratamento. Também é preciso cuidar para que o local da aplicação não sofra nenhum tipo de impacto nos primeiros dias. Dessa forma, é possível evitar hematomas e inchaços.

Para quem o preenchimento labial com ácido hialurônico é indicado?

Assim como as outras partes do corpo, a boca também sofre com os sinais de envelhecimento. Quem percebe o afinamento dos lábios, o ressecamento da região, as rugas e a perda do contorno labial pode optar pelo procedimento.

Quem deseja ter lábios mais volumosos ou projetados com certa saliência também pode apostar na técnica para melhorar a aparência. Mas atenção: para manter a naturalidade da boca é fundamental não exagerar na quantidade de ácido hialurônico e respeitar a orientação do profissional.

Quais são os principais benefícios do preenchimento labial com ácido hialurônico?

Além de melhorar a aparência dos lábios, existem outros benefícios para quem aposta nesse procedimento estético. São eles:

  • a aparência de lábio hidratado é percebida com a aplicação;
  • é uma alternativa para corrigir desalinhamentos da boca;
  • pode ser utilizado para reparar a proporção dos lábios;
  • melhora a harmonização facial;
  • incentiva a produção de colágeno; 
  • suaviza rugas e linhas de expressão ao redor das áreas tratadas;
  • é feito em uma única sessão — outras sessões são necessárias apenas para manutenção;
  • é um procedimento que pode ser revertido diante da insatisfação da paciente.

Quais são as contraindicações e riscos do preenchimento labial com ácido hialurônico?

Um ponto importante e que deve ser considerado por quem faz preenchimento labial é a anatomia do rosto. É indispensável ter como foco a harmonia dos elementos da face para que os resultados não fiquem artificiais ou insatisfatórios.

Além disso, a aplicação incorreta pode ocasionar interferências no fluxo sanguíneo das áreas que receberam o ácido hialurônico. Se algum erro ocorrer nesse sentido, consequências mais complexas, como a interrupção da passagem de sangue no local, podem acontecer.

Em relação aos riscos de alergia, como a substância faz parte da composição orgânica da pele, as possibilidades de reações indesejadas são mínimas. A técnica, no entanto, não é indicada para gestantes, pacientes com doenças autoimunes e com inflamações nos lábios.

Agora que você conhece um pouco mais sobre preenchimento labial com ácido hialurônico, ficou animado para cuidar da aparência da sua boca? Vale lembrar que o procedimento é seguro e apresenta excelentes resultados quando é feito por especialistas.

Agende sua consulta na GiOlaser e garanta os melhores resultados relacionados à saúde e à aparência dos seus lábios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Agende sua avaliação