7 maio 2019

Quais são as principais causas da celulite? Conheça 5 delas

184      0

Famosa e temida, a celulite é um incômodo na vida de milhões de pessoas. Mesmo que você não sofra com esse problema, certamente conhece alguém que luta contra esse mal. Também já deu para notar que quem convive com ele pode se sentir inseguro ou desconfortável com o próprio corpo. Essa insatisfação leva muita gente a […]

Famosa e temida, a celulite é um incômodo na vida de milhões de pessoas. Mesmo que você não sofra com esse problema, certamente conhece alguém que luta contra esse mal. Também já deu para notar que quem convive com ele pode se sentir inseguro ou desconfortável com o próprio corpo. Essa insatisfação leva muita gente a recorrer a diversos tratamentos para tratar as celulite.

A celulite é o resultado do acúmulo de gordura no tecido fibroso, o que comprime os vasos sanguíneos, prejudica a circulação, a nutrição das células e a eliminação de toxinas. Isso faz com que as células fiquem inchadas e endurecidas, causando ondulações e nódulos em diferentes áreas do corpo.

Ainda que seja capaz de ocorrer em ambos os sexos, ela é mais comum em mulheres, já que os homens têm uma distribuição diferente de gordura, tecido conjuntivo e músculos. Trata-se de uma condição na qual se formam protuberâncias e covinhas na pele, deixando-a com a aparência de uma casca de laranja.

Os furinhos costumam ser visíveis principalmente nas coxas e nádegas, sendo capazes de atingir até mesmo quem não está acima do peso. Conheça as principais causas da celulite e saiba o que fazer para ficar bem longe deles e garantir uma pele mais uniforme. Boa leitura!

1. Alimentação

Nossa saúde e beleza começam de dentro para fora e, não tem jeito, para acabar com a celulite devemos avaliar e repensar nossas escolhas alimentares! A pele é o maior órgão do corpo, de modo que uma dieta inadequada e repleta de impurezas será eliminada também por meio da derme, onde toxinas e metabólitos podem se agrupar nos tecidos.

Alimentos ricos em sal, açúcar e gordura ruim são vilões para a nossa saúde. Por isso, evite frituras, doces, sorvetes, refrigerantes e industrializados ricos em conservantes.

O ideal é optar por uma dieta saudável com alimentos naturais e termogênicos. Peixes, oleaginosas — como castanhas e amêndoas —, frutas, legumes e vegetais são ricos em fibras, vitaminas e minerais. Além disso, muitos deles têm ação antioxidante e anti-inflamatória, o que auxilia na redução da celulite.

2. Hormônios e idade

Os hormônios são mais uma das causas da celulite, tendo um papel importante no seu surgimento. Insulina, estrogênio, prolactina, noradrenalina e hormônios da tireoide atuam no processo de produção de ondulações na pele.

Um dos motivos é que, como o estrogênio nas mulheres diminui com o passar dos anos, o fluxo de sangue para o tecido conjuntivo fica comprometido. A menor circulação produz menos oxigênio na região, resultando em uma diminuição na produção de colágeno. As células de gordura também aumentam conforme os níveis de estrogênio caem.

A idade também faz com que a pele se torne menos firme, mais fina e propensa a ceder — o que também aumenta o risco de desenvolvimento da celulite.

Tais fatores combinados tornam os depósitos de tecido adiposo mais visíveis. Assim, a gordura sob a pele se projeta com o enfraquecimento do tecido conjuntivo e o resultado é o conhecido efeito de ondulação.

Nossos hormônios controlam a estrutura e as funções de grande parte do nosso organismo. Então, preste atenção à sua dieta, exercícios físicos, sono e estresse, já que eles podem afetar seu equilíbrio hormonal e, assim, piorar ou aumentar a celulite.

3. Desidratação

A maior parte do corpo humano é composta por água, então faz todo sentido que a desidratação seja uma das principais causas da celulite. Não ingerir líquido suficiente pode causar acúmulo tóxico nas células adiposas, o que é algo difícil para o organismo metabolizar, contribuindo para a textura de casca de laranja da pele.

Além disso, a desidratação torna a pele fina e frágil. Quando ela está enfraquecida, a tendência é a celulite ficar mais visível. Por isso, beber muita água pode ajudar seu corpo a metabolizar a gordura abdominal, livrando-se de toxinas e deixando a derme mais firme.

4. Álcool e cigarro

Não deve ser uma surpresa que fumar e consumir bebidas alcoólicas são causas da celulite. Ambos são repletos de calorias vazias e toxinas que só aumentam a quantidade de irregularidades corporais, contribuindo para o dano celular e muscular.

A lista de efeitos negativos não acaba aí. O álcool pode reduzir algumas das nossas reservas de vitaminas e minerais, como cálcio, zinco e vitamina C. Deficiências desses nutrientes causam uma redução na produção de colágeno e problemas com a circulação sanguínea.

Enquanto isso, fumar reduz o fluxo sanguíneo e a produção de colágeno — um dos responsáveis pela redução na aparência e progressão da celulite. Isso faz com que o tecido conjuntivo se estique, enfraqueça e danifique facilmente.

5. Sedentarismo

Um estilo de vida sedentário também pode contribuir facilmente para a formação da celulite. Músculos firmes e fortes são menos propensos ao acúmulo de gordura, por isso é ideal a prática diária de atividades físicas.

Não importa se você prefere caminhar, correr, dançar ou fazer alguma outra atividade. O exercício, de forma geral, ajuda a resolver o problema de várias maneiras. Ele ajuda a controlar o peso corporal e a melhorar a circulação, de modo a manter o tecido conjuntivo mais firme, ajudando na eliminação de resíduos e retenção excessiva de líquidos.

Como você pôde perceber, é possível melhorar a aparência da pele irregular adotando um estilo de vida mais saudável. Isso significa manter a hidratação, não fumar, dormir bem, seguir um programa de exercícios adequado e uma dieta saudável. As orientações que apresentamos neste artigo devem ser seguidas de forma regular para que o nosso corpo elimine a gordura e a retenção de líquidos.

Se mesmo modificando hábitos você ainda sofre com as celulites, pode recorrer a outros ótimos aliados no combate desse problema, os tratamentos estéticos.

Você deve ter notado que não existe uma fórmula mágica para acabar com as causas da celulite. Contudo, existem inúmeras estratégias que, combinadas, são eficazes para eliminar ou reduzir o problema e a maioria depende da prática de hábitos diários. Isso contribui na melhora da aparência da celulite e ainda aumenta sua autoestima!

E aí, gostou das nossas dicas? Se você conhece alguém que também sofre com as celulites, compartilhe este post em suas redes sociais e ajude seus amigos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Agende sua avaliação