30 jan 2020

Depilação no verão: quais cuidados devem ser tomados? Veja!

3229      0

Muita gente fica preocupada em fazer a depilação no verão. Afinal, há uma série de mitos sobre isso na Internet e no boca a boca. Sim, realmente o uso da cera e da lâmina nessa estação pode ser um problema, pois podem causar manchas ou reações indesejadas. No entanto, alguns cuidados podem ser tomados para garantir […]

Muita gente fica preocupada em fazer a depilação no verão. Afinal, há uma série de mitos sobre isso na Internet e no boca a boca. Sim, realmente o uso da cera e da lâmina nessa estação pode ser um problema, pois podem causar manchas ou reações indesejadas. No entanto, alguns cuidados podem ser tomados para garantir a segurança.

Além disso, você pode optar por técnicas mais modernas, como o laser. Desse modo, terá uma depilação mais permanente e sem os inconvenientes de realizá-la no verão. Quer saber mais? Então, acompanhe nosso post!

Quais são os cuidados mais importantes para a depilação no verão?

Veja a seguir alguns cuidados que você deve tomar ao fazer a depilação nessa época do ano.

Evitar o uso de descolorantes no dia da depilação

Muitas pessoas utilizam descorantes no dia da depilação e acham que foi o processo que causou as manchas ou a irritação na pele. No entanto, provavelmente são os produtos químicos utilizados para retirar a cor dos pelos que causaram esses problemas. Há várias substâncias neles, como a água-oxigenada e a amônia, que reagem com o sol e resultam em marcas. Em alguns casos, elas podem ser definitivas.

Hidratar bastante a pele

A hidratação evita a maior irritação após o processo. A retirada mecânica dos pelos por meio da cera ou da lâmina acaba provocando uma reação inflamatória local, na qual os folículos ficam um pouco inchados e a pele ao redor bastante vermelha. Os hidratantes oferecem uma camada de proteção extra, a qual ameniza esses processos.

Quando você vai ao sol com uma pele mais irritada, há o estímulo das células de pigmentação. Portanto, podem surgir manchas no local. Quando você utiliza um produto de hidratação que também tem proteção solar, há um menor risco de manchas permanentes.

Não se expor ao sol após a depilação

Mesmo com a melhor proteção disponível, o sol ainda pode promover uma agressão significativa na pele. Isso provoca a maior predisposição ao surgimento das manchas. Afinal, os raios ultravioletas são altamente penetrantes na pele e causam alterações na sua estrutura.

O ideal é que você aguarde algumas horinhas antes de se expor ao sol, mesmo que vestida. Também, é importante evitar banhos de sol, a praia e as piscinas no dia da depilação.

Remover corretamente os produtos usados no processo

Como a depilação não deixa muitos resíduos aparentes, muitas pessoas acabam não lavando a região que passou pelo procedimento. Desse modo, há um contato dos produtos químicos utilizados com o meio ambiente e isso pode causar vários problemas, como:

  • irritação forte, pois alguns poluentes podem reagir com as substâncias da cera ou da espuma;
  • alergias, porque, como a pele fica mais exposta, pode ocorrer uma reação exagerada do sistema imune no local;
  • coceira, uma vez que a soma de agressões à pele vai provocar uma inflamação.

Por essa razão, ao final de cada depilação, utilize água e sabão neutro para retirar qualquer resíduo, mesmo que não esteja aparente.

É preciso ter os mesmos cuidados em relação à depilação a laser?

A depilação a laser, apesar de contar com várias vantagens em relação aos métodos tradicionais, ainda precisa de alguns cuidados. Ela pode não deixar resíduos, pois não há produtos químicos durante o processo, mas, mesmo assim, ainda provoca uma reação no local.

O laser utilizado aquece um pouco a região, deixando-a sensível. O contato com o sol, dessa forma, pode acabar provocando manchas permanentes. Por essa razão, é preciso sair do local do procedimento com um protetor solar aplicado. Isso vai evitar que os raios ultravioletas, durante o trajeto de volta para a casa, agridam mais a sua derme.

No mesmo sentido, deve-se evitar uma exposição mais prolongada, principalmente nas praias e nas piscinas. Afinal, isso vai provocar a incidência ainda mais direta dos raios UV, principal fator de predisposição a danos.

Quais são as vantagens da depilação a laser para o verão?

A depilação com cera não é muito eficiente para uma retirada duradoura dos pelos. Em cerca de 28 dias, grande parte deles estarão de volta e será preciso repetir o procedimento. Assim, há pessoas que acabam realizando mais de 5 depilações durante toda a estação. Não há pele que aguente.

Por outro lado, a depilação a laser tem um efeito muito mais duradouro. Na maioria dos casos, com menos de 10 sessões, você ficará livre dos pelos por vários anos, sem precisar repetir o procedimento. Ou seja, ela é muito mais prática do que os métodos tradicionais.

Na verdade, o número de aplicações de laser dependerá da espessura do pelo no local. As regiões com fios mais finos, como o braço, necessitam de menos, ao passo que a virilha pode demorar mais do que o habitual.

Além disso, cada sessão é muito rápida, pois são cerca de 40 minutos para as regiões maiores do corpo, como a perna, as coxas e o abdômen. Duram, portanto, praticamente o mesmo tempo de uma depilação com cera, com a vantagem de que não será necessário voltar mensalmente à esteticista.

Também, há a questão do custo. Muitas pessoas se assustam com o valor da depilação a laser, mas você já parou para pensar o quanto vem gastando nos últimos anos com a cera? A seguir, fizemos uma tabela para você perceber esse benefício, supondo que você precisa retocar a depilação a cera todos os meses:

  Laser Cera
Buço 10 sessões x R$ 110 = R$ 1100 (duração: 5 anos)  5 anos x 12 sessões a cada ano x R$ 25 = R$ 1500 (duração: 28 dias)
Perna 10 sessões x R$ 220 = 2200 (duração: 4 a 5 anos) 5 anos x 12 sessões x R$ 40 = R$ 2400 (duração: 28 dias)
Virilha 10 sessões x 120 = 1200 (duração: 4 a 5 anos) 5 anos x 12 sessões x R$ 35 = 2100 (duração: 28 dias)

Lembrando sempre que os valores relativos à duração podem variar de pessoa para pessoa. Em relação aos cuidados, é importante seguir algumas orientações:

  • não utilizar produtos químicos, cosméticos e dermocosméticos que não tenham sido indicados pelo profissional que realizou o procedimento. Afinal, a pele submetida ao laser fica mais sensível;
  • não utilizar nenhuma medicação sem prescrição de um médico, no caso de dor no local do procedimento;
  • evitar utilizar as unhas ou outros instrumentos para aliviar coceiras, pois isso pode causar escoriações que mancham ou infeccionam a pele;
  • a pele fica muito sensível durante o processo de depilação, o que a deixa mais propensa a queimaduras e outras lesões. Desse modo, não se recomenda utilizar a água quente para o banho, no máximo a temperatura morna. Mas isso não será dificuldade no verão, não é mesmo?

Durante o verão, muitas pessoas querem deixar sua pele exposta para aliviar o calor. Todavia, dependendo do procedimento de depilação, a pessoa deverá cobrir a região adequadamente

Não tenha receios por causa desses cuidados, pois todas as medidas de proteção serão informadas pela pessoa que aplicou o procedimento. Então, não haverá risco se você seguir todas as orientações à risca.

Se você estava com medo de fazer a depilação durante o verão, agora você já conhece as principais informações para o sucesso do procedimento. Certamente, ao final, colherá um resultado muito satisfatório, especialmente se você optou pelo laser. Seguindo as nossas dicas e se precavendo agora, você certamente não precisará mais se preocupar com depilação no próximo verão!

Ficou interessado em conhecer melhor a depilação a laser? Então, entre em contato conosco e agende uma avaliação gratuita!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Agende sua avaliação